Publicidade

Estado de Minas NACIONAL

Mandetta: 'Teremos em torno de 20 semanas extremamente duras'

Ministro pediu à população brasileira que dê mais atenção aos idosos


postado em 17/03/2020 18:05 / atualizado em 17/03/2020 18:46

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta(foto: JOSE CRUZ / AGENCIA BRASIL / AFP)
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (foto: JOSE CRUZ / AGENCIA BRASIL / AFP)
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou na tarde desta terça-feira, durante uma coletiva de imprensa realizada em Brasília que “teremos 20 semanas duras pela frente”. Além desta afirmação, ele também disse que a pasta  mandou instalar cerca de 200 leitos em Centro de Terapia Intensiva (CTI) e está procurando aumentar a capacidade no Brasil para atender casos do Novo Coronavírus. O ministro pediu à população brasileira que dê mais atenção aos idosos.

“Teremos em torno de 20 semanas a partir do surto que serão extremamente duras para as pessoas. Cuidem dos idosos. Crianças são assintomáticas e não desenvolvem uma coriza. Pedir para que os avós não os beije e não dê colo é duro. O momento agora é de proteger. Quanto menos idosos, menos leitos de CTI precisarão ser utilizados", disse Mandetta

De acordo com o ministro, foram 80  no Estado de São Paulo, 40 no Rio de Janeiro, 30 no Rio Grande do Sul e 50 em Minas Gerais. Para Mandetta, "o Brasil tem um sistema de Saúde minimamente consolidado em cidades de grande porte".

Segundo o ministro, cerca de 80% das pessoas infectadas pelo vírus não irão precisar de "absolutamente nada a não ser um antitérmico". Do restante, o Ministério da Saúde calcula que de 14% a 15% precisarão de internação hospitalar e que, destes, de 4% a 5% precisarão de leito de CTI. 

Mandetta ainda disse que as "cirurgias eletivas precisam ser suspendidas". O ministro fez um pedido para que hospitais particulares permitam home care para que haja a liberação de leitos para casos que não sejam absolutamente necessários. O ministro comunicou que os pacientes crônicos devam ter receitas de medicamentos para cobrir um período de pelo menos seis meses, a fim de que permaneçam em casa.
 
* Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade