UAI
Publicidade

Estado de Minas POUSO FORÇADO

Emergência em Confins: rota para Guanambi tem alta demanda de mineiros

A Azul realiza o voo 4136 todos os dias da semana, saindo de Belo Horizonte sempre às 13h, com chegada prevista às 14h50. Hoje, o avião fez um poso forçado


20/07/2022 15:50 - atualizado 20/07/2022 16:40

Reportagem do Estado de Minas fotografou o avião após a aterrissagem
Reportagem do Estado de Minas fotografou o avião após a aterrissagem (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A press)
Um avião que decolou do Aeroporto de Confins com direção a Guanambi, na Bahia, passou por procedimento de emergência no início da tarde desta quarta-feira (20/7). A aeronave fazia a rota Confins - Guanambi, ampliada pela Azul e pela prefeitura da cidade baiana no ano passado.
 
 
 
 
Com a alta demanda de passageiros, a empresa realiza o voo 4136 todos os dias da semana, saindo de Belo Horizonte sempre às 13h, com chegada prevista às 14h50. O voo 4137 faz o trajeto de volta à capital mineira às 15h35, com previsão de chegada às 17h25.
 
Nesta tarde, o avião, logo após decolar, teve de realizar manobras circulares sobrevoando a região de Sete Lagoas para despejar combustível. O voo 4136, da companhia aérea Azul, decolou às 13h17 em Confins e, poucos minutos depois, precisou realizar a manobra. 

A rota 

De acordo com a BH Airport, o destino de Guanambi é um dos mais procurados pelos mineiros. O contrário também acontece. Sendo o Aeroporto de Confins o segundo maior centro de conexões de voos da Azul no país, os clientes que partem de Guanambi para Belo Horizonte podem se conectar para 36 outras cidades que contam com frequências regulares da Azul como São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Recife, Salvador, Brasília, Goiânia e Belém. 
 
A rota foi tão significativa para os mineiros que, durante os meses de setembro e dezembro de 2021, quando foi inaugurada, teve mais de 6.400 embarques e desembarques registrados no Aeroporto Municipal Isaac Moura Rocha, em Guanambi, sendo uma taxa média de ocupação de 79,5%, segundo dados da prefeitura da cidade baiana. 

Região turística

Apesar de distante do litoral, o município de Guanambi é conhecido pelas paisagens e histórias que seus pontos turísticos carregam. Um exemplo é a Toca do Índio, uma gruta  que já foi morada de indígenas que habitavam a região.
 
 
Em seu interior, há inúmeras pinturas rupestres que impulsionam sua importância arqueológica. Além disso, a cidade é composta por grandes monumentos esculpidos pela natureza, com grandes paredões rochosos. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade