UAI
Publicidade

Estado de Minas CRIME

Vídeo: PM atualiza informações de ataque em Itajubá

Major mostra materiais apreendidos pela polícia e que foram utilizados por criminosos, como munições de fuzil


23/06/2022 21:00 - atualizado 23/06/2022 21:38

Armamento de criminosos em Itajubá
Polícia Militar mostra armamento utilizado por criminosos em Itajubá (foto: Reprodução/PM)
As forças de segurança de Minas Gerais continuam a busca pelos criminosos que atacaram uma agência da Caixa Econômica e trocaram tiros com policiais militares em Itajubá. Em novo vídeo (confira mais abaixo), divulgado no fim da tarde desta quinta-feira (23/06), a porta-voz da PMMG, major Layla Brunnela, mostrou os materiais apreendidos até o momento e atualizou as informações sobre o crime.

De acordo com a major, apenas um homem, de 33 anos, foi preso, em Brazópolis, município vizinho a Itajubá. Quatro carros usados pelo bando acabaram apreendidos. Os veículos estavam abandonados na região, com marcas de tiros e sangue.

No vídeo, a policial mostra munições de fuzil, intactas e deflagradas, que estavam nas ruas de Itajubá e nos veículos. Pneus furados, placas quebradas e até um escudo pesado também foram apreendidos.

 

“Estamos monitorando essa região, justamente por saber que eles estão sem veículos e não conseguiram fazer essa transição. E nós estamos nessa busca e captura”, afirmou a major.

Ainda não foi possível confirmar se os criminosos levaram dinheiro da agência, segundo a porta-voz. Isso porque ainda há explosivos na agência, que precisam ser detonados antes que o lugar seja inspecionado.

“A situação está sob controle, o local está isolado, não há risco de explosão, mas os militares que farão a detonação desses explosivos ainda não o fizeram. Por isso, a agência bancária ainda não confirmou ou não materiais retirados da agência”, explicou.

Ataque


A ação dos criminosos teve início por volta das 23h30 dessa quarta-feira (22/6). Os bandidos tentaram incendiar um carro em frente ao quartel da PM. Eles jogaram gasolina no veículo, mas o fogo não se espalhou, enquanto o bando armado disparava tiros em todas as direções e cercava o centro da cidade.

Policiais Militares de toda a região realizam, desde a madrugada desta quinta, uma operação de cerco e bloqueio. Oficiais de Belo Horizonte e São Paulo também estão em Itajubá.

O comando operacional reforça que as cidades e rodovias da região estão sob monitoramento. A polícia estima que são mais de 12 pessoas envolvidas na ação.

(Iago Almeida/Especial para o EM)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade