UAI
Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Mulher denuncia marido por agressão após ela pedir dinheiro para manicure

Vítima contou à PM que ele a enforcou, deu tapas e mordida; na delegacia, porém, ela se negou a denunciar formalmente o companheiro e ele foi liberado


21/01/2022 18:12 - atualizado 21/01/2022 18:35

Na porta de delegacia viaturas da PM e da Polícia Civil
Para a PM, a mulher contou que foi agredida fisicamente pelo companheiro, mas depois desistiu apresentar denúncia formal contra ele (foto: PMMG/Divulgação)
Uma mulher, de 26 anos, relatou à Polícia Militar (PM) que na noite dessa quinta-feira  (20/1), o companheiro, de 30 anos, a agrediu fisicamente porque ela pediu dinheiro para pagar dívida com uma manicure. Os dois estavam em casa, em Uberaba, o Triângulo Mineiro. A vítima relatou que há 11 anos estava em união estável com o homem, que era responsável por administrar as finanças da família.
 
 
Na delegacia, o suspeito foi ouvido pelo delegado de plantão. Em seguida, porém, segundo informações da Polícia Civil, a mulher manifestou interesse em não denunciar o companheiro formalmente e ele acabou liberado.
 
Por outro lado, segundo relato dela ao registro da PM, após pedir ao companheiro dinheiro para pagar dívida com manicure, ele começou a chamá-la de "vagabunda" e disse que "não era obrigado a pagar nada para ela".
 
A mulher contou também que, em seguida, ele a enforcou e deu um tapa no seu rosto. Nesse momento, ela disse que ao tentar se levantar da cama, o suspeito a puxou pelos cabelos e deu uma mordida no lado esquerdo do seu rosto. Ele ainda teria dado um chute nas costas da mulher.
 
Ainda segundo relato da vítima à PM, que recusou atendimento médico, o homem ainda quebrou um porta-retratos que ficava no quarto e rasgou uma foto do casal.

Já o suspeito disse aos militares que a discussão ocorreu por ciúmes. Ele admitiu ter quebrado o porta-retratos, mas negou as agressões físicas.
 
Há cerca de oito anos, segundo a mulher, devido a problemas no relacionamento, o companheiro começou a agir de forma violenta e que já teriam ocorrido várias situações de agressões físicas e verbais dele contra ela.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade