UAI
Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Confira o cronograma de vacinação da próxima semana em Belo Horizonte

Começa a vacinação de crianças e aplicação de doses de reforço em outras faixas etárias, a partir dos 18 anos


14/01/2022 14:12 - atualizado 14/01/2022 14:45

Aplicação de vacina
(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
A partir da próxima semana, a vacinação contra a COVID-19 em Belo Horizonte será ampliada para novas faixas etárias, com o início da imunização das crianças. Além disso, outros grupos, a partir dos 18 anos, serão convocados para a dose de reforço. 
 
Neste sábado (15/1), a Prefeitura de BH começa a vacinar crianças. Inicialmente, a primeira dose será aplicada somente em crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas e acamadas ou com mobilidade reduzida de 11 a 5 anos, devido ao quantitativo de doses enviadas pelo Ministério da Saúde, cerca de 10.800 doses. A ampliação para as crianças sem comorbidades será feita de forma gradativa e de acordo com o quantitativo de doses repassado ao município.

Para os adultos que vão receber a dose de reforço, é necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. 
 
Já as crianças devem estar acompanhadas de pais ou responsáveis e apresentar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina. 

Caso o acompanhamento seja feito por outra pessoa, é necessário apresentar o termo de autorização de para vacinação, devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsáveis. Clique AQUI para visualizar o termo. 
 
Confira a programação da próxima semana:

Dia 15/01, sábado: primeira dose para crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas de 11 a 5 anos, completos até a data da vacinação. É necessário levar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina;

Dia 16/01, domingo: não haverá vacinação.

Dia 17/01, segunda-feira: início da aplicação da primeira dose para crianças acamadas ou com mobilidade reduzida de 11 a 5 anos completos, até a data da vacinação. A imunização será feita em domicílio; 
Neste dia não haverá aplicação de vacina para nenhum outro grupo prioritário ou faixa etária. As equipes de saúde estarão empenhadas na aplicação de vacina das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida.

Dia 18/01, terça-feira: aplicação da primeira dose para crianças acamadas de 11 a 5 anos completos, até a data da vacinação. A imunização será feita em domicílio;
Neste dia não haverá aplicação de vacina para nenhum outro grupo prioritário ou faixa etária. As equipes de saúde estarão empenhadas na aplicação de vacina das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida.

Dia 19/01, quarta-feira: dose de reforço para pessoas de 53 e 51 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 20/01, quinta-feira: - dose de reforço para pessoas de 49 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

- dose de reforço para pessoas de 19 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 21/01, sexta-feira: dose de reforço para pessoas de 18 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

-repescagem de dose de reforço para grupos prioritários e faixas etárias já convocados, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF.

*Estagiária sob supervisão


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade