UAI
Publicidade

Estado de Minas APÓS DENÚNCIAS

Clínica de reabilitação é interditada em Matozinhos

Espaço oferecia ambiente insalubre, com denúncias de maus-tratos e sedação à força de internos,


14/01/2022 13:06 - atualizado 14/01/2022 14:07

Um dos quartos da clínica mofados e insalubres
O espaço oferecia um ambiente insalubre, com quartos mofados, alimentos mal armazenados e expostos, com muita sujeira e mau cheiro (foto: Prefeitura de Matozinhos)
As polícias Civil, Militar e Penal, além de órgãos da Prefeitura de Matozinhos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, realizaram uma operação para investigar uma clínica de reabilitação onde, segundo denúncias, ocorriam situações de maus-tratos, além de  oferecer um ambiente insalubre.
 
A ação foi realizada nesta quinta-feira (13/1), no Bairro Bom Jesus. Quatro pessoas foram presas em flagrante e conduzidas à delegacia, pelo crime de cárcere privado, entre elas a proprietária da clínica, o coordenador e monitores. São investigadas ainda  práticas de agressões física e psicológica, ameaça e sedação de internos à força.
 
Segundo a prefeitura, o espaço oferecia um ambiente insalubre, com quartos mofados, alimentos mal armazenados e expostos, com muita sujeira e mau cheiro. A clínica atendia 64 homens, com idades entre 18 e 60 anos. Dois deles com a saúde bastante debilitada e com sintomas gripais severos, sendo transferidos imediatamente para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município para avaliação e tratamento.
 
Dentro da clínica eram comercializados produtos como cigarros, palheiros e fumo, numa espécie de minimercado. Medicamentos de uso controlado foram encontrados em vários pontos da casa, demonstrando a falta de controle de profissionais de saúde e funcionários do local.
 
De acordo com a Polícia Civil, também foi constatado que o estabelecimento não possuía alvará de funcionamento. Os detidos foram encaminhados ao sistema prisional.
 
Essa já é a terceira clínica, em menos de um ano, embargada em Matozinhos por irregularidades. De acordo com o Subsecretário de Tributação, Arrecadação e Cadastro, Mateus Barros Silva, as denúncias feitas pelos moradores têm sido fundamentais para o êxito dessas diligências.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade