UAI
Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Unidade da UEMG em Passos, no Sul de Minas, registra surto de COVID

Foram 13 casos confirmados de COVID-19 entre os servidores administrativos da unidade, 11 entre terceirizados e seis suspeitas de infecção


13/01/2022 20:11 - atualizado 13/01/2022 20:26

Passos
Foram registrou 13 casos confirmados de COVID-19 entre os servidores administrativos (foto: Acervo UEMG Passos)
A  unidade da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) em Passos, no Sul de Minas, vive um surto de COVID-19. Até esta quinta-feira, (13/01) foram 13 casos confirmados  entre os servidores administrativos. Entre os funcionários terceirizados, são 11 casos positivos e seis casos de pessoas com suspeita de infecção. Todos os funcionários estão de licença médica, inclusive os  com suspeita de infecção. 

Foram disponibilizados testes para todos os funcionários que tiveram relação com infectados. O funcionamento da unidade tem ocorrido de modo presencial desde o dia 3 de janeiro.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a UEMG afirmou que em nenhum momento houve orientação para que os servidores com sintomas gripais continuassem a trabalhar de forma presencial. A UEMG segue o protocolo de segurança informado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), no qual os servidores com suspeita de COVID-19 são orientados a buscar o imediato afastamento, com o objetivo de proporcionar uma retomada segura e gradual do trabalho presencial no âmbito deste órgão.

“A orientação prevê que, caso apresente sintomas característicos da COVID-19, o servidor deverá comunicar imediatamente o fato à chefia imediata. Os afastamentos de servidores em razão de sintomas de COVID-19 serão realizados por meio de licença para tratamento de saúde”.  

O funcionamento das Unidades Acadêmicas da UEMG, segue a nota oficial, é de responsabilidade da direção local, que leva em consideração a situação da pandemia no município e as decisões das autoridades locais. A UEMG acompanha as deliberações do Comitê Extraordinário COVID-19.

“Em relação às medidas de prevenção à COVID-19, o governo de Minas informa que monitora todos os casos de suspeita e confirmação nas repartições estaduais. As medidas sanitárias de prevenção ao contágio da doença seguem sendo obrigatórias em todos os órgãos, como a constante higienização das mãos e a utilização de máscaras de proteção de forma correta, cobrindo a boca e o nariz, em todos os espaços públicos, sejam eles abertos ou fechados. Essas ações são constantemente divulgadas aos servidores, visando impedir a propagação da COVID-19 e com o intuito de zelar pela segurança e saúde de todos os funcionários”, finaliza a nota.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade