UAI
Publicidade

Estado de Minas TRISTEZA

Bebê de 1 ano e 3 meses, internado com COVID-19, morre em UTI da Santa Casa

O pequeno Rafael Henrique Pereira, de Governador Valadares, estava na UTI Pediátrica da Santa Casa, em Belo Horizonte. Ele morreu na noite de sábado (8/1)


09/01/2022 17:54 - atualizado 09/01/2022 18:02

Bebê Rafael Henrique Pereira
O bebê Rafael emocionou os moradores de Governador Valadares na busca por tratamento contra a COVID-19 (foto: Reprodução/Redes Sociais)
O bebê Rafael Henrique Pereira, de 1 ano e três meses de idade, é mais uma vítima da COVID-19. Ele estava internado na Santa Casa de Misericórdia, em Belo Horizonte, desde a quarta-feira (5/1) e morreu na noite de sábado (8/1), aumentando o número de crianças mortas pela doença pandêmica.

Rafael foi transferido de Governador Valadares, no Rio Doce, para Belo Horizonte, de helicóptero, na quarta-feira, em estado grave. A transferência se deu depois de sucessivos apelos da mãe de Rafael, para que o filho pudesse ser internado em UTI pediátrica e ser submetido à hemodiálise.

O pequeno Rafael começou a passar mal no dia 27 de dezembro de 2021 e foi levado ao Hospital Municipal (HM) de Valadares, com febre alta. Ele foi diagnosticado com sapinho e liberado. Mas a febre não passou e, no dia seguinte, a mãe voltou com ele para o hospital, com febre de 40 graus.

Mais uma vez, ele voltou para casa, com medicamentos para cortar a febre. Em 31 de dezembro, Rafael foi levado novamente ao HM, em uma ambulância do Corpo de Bombeiros, com sangue saindo pelo nariz e a boca. Ele foi internado e entubado.
 
Diagnosticado com a Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica pós-COVID-19, o bebê havia desenvolvido a forma grave da COVID-19, que havia afetado seus rins. Com a necessidade urgente de ser submetido a sessões de hemodiálise, que somente poderiam ser feitas em uma UTI Pediátrica, inexistente em Valadares, ele precisou ser transferido às pressas para Belo Horizonte.
 
Depois de algumas tentativas fracassadas da aeronave em seguir com o bebê para a capital mineira, por causa das condições do tempo, ele foi transferido na quarta-feira, de helicóptero. Em estado grave, o pequeno Rafael permaneceu em tratamento até sábado à noite.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade