UAI
Publicidade

Estado de Minas CHUVAS EM MG

Santa Luzia está tomada pelas águas do Rio das Velhas

Cidade da Grande BH está ilhada devido à enchente


09/01/2022 11:40 - atualizado 10/01/2022 10:59

Ponte sobre o Rio das Velhas interditada em Santa Luzia
As duas pontes sobre o Rio das Velhas foram interditadas em Santa Luzia (foto: Arquivo pessoal)
Ninguém entra, ninguém sai. Assim está a situação de grande parte do município de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com a cheia e velocidade do Rio das Velhas e seus afluentes, devido às chuvas que não param, a cidade, com destaque para o Centro Histórico, se encontra ilhada.

As duas pontes sobre o Rio das Velhas foram interditadas pela prefeitura local e Defesa Civil, e, portanto, não é possível trafegar do Bairro da Ponte para a Parte Alta; na Avenida Beira-Rio, que liga Santa Luzia à capital e à rodovia BR-381 e outras áreas que fazem a conexão com Belo Horizonte. Outra ponte, que seria alternativa, se encontra há muitos anos interditada.

Leia também: Imagens de drone mostram destruição em Santa Luzia
E ainda: Rio das Velhas invade cidades da Região Metropolitana de BH
 
Bairros às margens do Rio das Velhas, a exemplo do Nova Esperança, estão tomados pelas águas. No chamado Pantanal, alvo de sucessivas enchentes, todos os moradores já abandonaram os imóveis: “Estamos aqui na igreja, colocamos tudo o que foi possível na parte de cima da casa. A água subiu um metro e meio, então é rezar para não chover mais. Nem a Defesa Civil está conseguindo chegar aqui”, disse uma moradora.
 
Rua do Comércio, no Bairro da Ponte, em Santa Luzia, se transformou também em rio caudaloso
Rua do Comércio, no Bairro da Ponte, onde ficam agências bancárias, supermercados, padaria, muitas lojas e residências, se transformou também em rio caudaloso (foto: Arquivo pessoal)
 

"Quero sair" 

Na manhã deste domingo (9/1), a equipe do Estado de Minas visitou algumas áreas de Santa Luzia e viu o desespero das famílias. Na Avenida Raul Teixeira da Costa Sobrinho, no Bairro Boa Esperança, as águas do chamado Córrego do Hospital, canalizado, subiram de tal forma que transformaram a via pública em um complemento do Rio das Velhas. “Vou ajuntar minhas coisas e partir para casa da minha irmã”, disse, com voz decidida, uma mulher que mora na parte “seca” da avenida.
 

A Rua do Comércio, no Bairro da Ponte, onde ficam agências bancárias, supermercados, padaria, muitas lojas e residências, se transformou também em rio caudaloso. “O quintal da minha casa e o dos parentes está todo coberto de água. Já tiramos tudo de dentro de casa”, contou uma moradora da Rua Felipe Gabrich. Do outro lado do rio, a área conhecida como Sítio Vicente Araújo, na Avenida Beira-Rio também está fechada e totalmente inviável ao trânsito.
Rota alternativa 
A Prefeitura de Santa Luzia informou na tarde de hoje que o único acesso disponível para conectar a sede do município com a Parte Baixa da cidade, o distrito de São Benedito ou Belo Horizonte é via Bairro Bom Destino, cuja estrada de acesso está totalmente pavimentada. 

Em nota, a prefeitura orienta os motoristas: "Para você que está na sede e quer chegar à Parte Baixa, faça o seguinte: Vá até a Igreja Matriz de Santa Luzia. Siga até o muro de Pedra. Pela Estrada do Bananal, chegue até o Bairro Bom Destino. Então, pela rodovia BR-381, vá até a Avenida Cristiano Machado, em BH. E aí pela Cristiano Machado acesse o São Benedito". 

Quem estiver na Parte Baixa de Santa Luzia e quiser chegar à sede municipal, deverá fazer o sentido contrário, passando pela BR-381 e então pelo Bom Destino. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade