UAI
Publicidade

Estado de Minas AÇÃO JUDICIAL

MP pede multa e bloqueio de R$ 1 bi da Vallourec após dique vazar na BR-040

Ação ajuizada pelo órgão e pela Advocacia-Geral do Estado visa proteger os atingidos e garantir reparação pelo incidente, diz procurador


08/01/2022 23:49 - atualizado 09/01/2022 13:23

Dique da Vallourec transbordou na manhã deste sábado (8/1), cobrindo de lama um trecho da BR-040, na altura dos km 562 e 563
O dique transbordou na manhã deste sábado (8/1), cobrindo de lama um trecho da BR-040, na altura dos km 562 e 563 (foto: Leandro Couri/EM/D.A.Press)
Uma ação ajuizada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e pela Advocacia-Geral do Estado (AGE-MG) pede multa diária e bloqueio de R$ 1 bilhão da Vallourec, que administra a barragem da Mina de Pau Branco, em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A informação é do procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior.




Segundo o procurador, a ação contra a empresa visa a proteção aos atingidos, incluindo flora e fauna do meio-ambiente afetado pelos rejeitos, e antecipa medidas preventivas para evitar o rompimento do reservatório. 

Conforme Júnior, mais informações sobre o processo serão detalhadas posteriormente pelo Ministério Público.

O Estado de Minas procurou a Vallourec, mas ainda não obteve retorno. 

Transbordamento

O dique da Mina Pau Branco, da Vallourec, transbordou esta manhã por volta de 10h30, sobre a BR-040 em Nova Lima, na Grande BH. Com isso, o trecho situado entre os quilômetros 562 e 563 foram tomados de água e lama. Veículos que passavam pelo local foram atingidos. Ninguém ficou ferido. 

Segundo a Vallourec, o vazamento foi causado pelo excesso de chuva, que culminou no carreamento de material sólido da pilha Cachoeirinha para o dique. 

De acordo com a empresa, a estrutura da barragem não se rompeu e está preservada - informação confirmada pelos bombeiros e pela Prefeitura de Nova Lima. 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade