UAI
Publicidade

Estado de Minas SOS SANTANA DO DESERTO

Santana do Deserto tenta se reerguer após tragédia que soma 51 desalojados

Rio Caguincho, que corta a cidade, transbordou e ruas foram tomadas pelas águas; carros foram arrastados e correnteza invadiu casas e comércios


29/12/2021 17:54 - atualizado 29/12/2021 23:58

Imagens da destruição causada pela força das águas
Acompanhada de uma chuva de granizo, uma tromba d%u2019água caiu na cidade na tarde de segunda-feira (27/12) (foto: Redes sociais/Reprodução)
Após as fortes chuvas que atingiram Santana do Deserto, na Zona da Mata mineira, a cidade ainda contabiliza os impactos deixados pelo rastro de destruição. Conforme dados da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) de Minas Gerais, o município contabiliza 51 pessoas desalojadas e oito desabrigadas.
 
Acompanhada de uma chuva de granizo, uma tromba d’água caiu na cidade na tarde de segunda-feira (27/12). O rio Caguincho, que corta a cidade, transbordou, e as ruas foram tomadas pelas águas. Carros foram arrastados e a correnteza invadiu casas e comércios.
 
Segundo a prefeitura, dezenas de famílias perderam praticamente tudo o que tinham dentro de casa. Algumas empresas também tiveram prejuízos. O Executivo informou que ninguém ficou ferido.

As pessoas que não têm para onde ir ficaram em locais improvisados pela prefeitura do município. Além da administração municipal e Defesa Civil, a Polícia Militar deu apoio às ocorrências na cidade.
 
A região Central foi a mais afetada por conta do temporal. No Bairro Silveira Lobo, que dá acesso à cidade de Pequeri, uma barragem caiu e interditou a via. O acesso já foi liberado.

Segundo a prefeitura, na última segunda-feira os trabalhos ficaram concentrados em dar assistência direta às vítimas e mensurar os impactos da chuva. Na terça-feira (28/12) começou o trabalho de rescaldo, com a limpeza das casas e ruas afetadas.

Nesta quarta-feira (29), também acontece uma reunião com o secretário de obras e um engenheiro da Caixa Econômica Federal para vistoriar pontos afetados e avaliar as possibilidades de ajuda.
 
A Prefeitura de Santana do Deserto abriu nessa terça-feira (28/12) uma conta específica para receber valores que serão destinados para o apoio às vítimas das chuvas. “A conta corrente é gerida pelo Fundo Municipal de Assistência Social de Santana do Deserto, responsável pelas ações que visam minimizar o impacto da tragédia e os valores podem ser doados via depósito, DOC, TED e PIX”, informou o Executivo.



Além de pontos de coleta de doações em Santana do Deserto, o Executivo da cidade informou outros locais para receber donativos em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. 

Confira a lista: 
  • Agência de Cooperação Intermunicipal em Saúde Pé da Serra – Acispes (Rua Ataliba de Barros, nº 5, Bairro São Mateus)
  • Câmara Municipal de Juiz de Fora (Parque Halfeld, Centro)
  • Auto Escola Andorinha (Avenida Francisco Bernardino, 743, Centro)

Na Acispes, os interessados podem doar roupas, móveis, alimentos, água potável, itens de higiene pessoal e material de limpeza. Já na Câmara Municipal serão recebidos alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal.
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade