UAI
Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA

Menino de 11 anos é morto em ataque de cães em São Joaquim de Bicas

PM foi informada que a responsável pelos animais viajou e pediu que a criança cuidasse dos cachorros


16/12/2021 07:51 - atualizado 16/12/2021 12:27

Vista aérea de São Joaquim de Bicas
Caso ocorreu em São Joaquim de Bicas, na Grande BH (foto: Reprodução da internet/Facebook/prefeituradesaojoaquimdebicas)
A noite dessa quarta-feira (15/12) foi marcada por uma tragédia no Bairro Boa Esperança, em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um menino de 11 anos morreu ao ser atacado pelos cães de uma vizinha, que havia pedido que ele tomasse conta dos animais. O corpo foi encontrado pelo pai da criança. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), o pai da vítima disse que ele costumava chegar da escola às 17h30, mas não voltou. Por conta da demora, a família se preocupou e eles saíram para procurá-lo pelo bairro, passando por locais onde ele costumava ir. 

Ao chegarem próximo a um imóvel, ele e as outras pessoas que o procuravam viram uma criança caída no chão. Ao se aproximar, viu que era o filho ferido. Eles acionaram a PM e a ambulância do pronto atendimento do município. A enfermeira da equipe constatou a morte do menino. 

A perícia e o rabecão foram acionados. Segundo a Polícia Militar, a equipe de investigação concluiu que foram os dois cães no imóvel, sendo um pastor alemão e outro mestiço, que acabaram matando a criança com mordidas no pescoço, na região genital e outras partes do corpo. 

Consta no boletim de ocorrência que o Corpo de Bombeiros foi chamado para capturar os animais. A PM diz que os cães estavam agressivos, avançaram sobre os bombeiros, e os militares deram dois tiros, um em cada animal. 

Ainda segundo a polícia, a filha da dona da casa disse que a mãe viajou para outro estado, deixando a casa vazia, e pediu que o menino cuidasse dos cachorros enquanto ela estivesse fora. A ocorrência foi registrada como omissão de cautela na guarda de animal e foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de São Joaquim de Bicas.

Por meio de nota enviada no fim da manhã desta quinta-feira, o Corpo de Bombeiros informou que os cães foram mortos pelos disparos. 

"No local, tratava-se de área rural em que dois cães de grande porte da raça pastor alemão atacaram violentamente um menino de 11 anos, quando os bombeiros chegaram, a vítima já estava em óbito", informou a corporação. "Devido ao estado agressivo em que os animais se encontravam, houve a tentativa de captura dos cães que ainda ofereciam risco à população. Durante a operação, verificou-se o risco iminente à vida dos bombeiros que realizavam a captura, assim, foi necessário o abate dos animais por parte dos militares da Polícia Militar", conclui a nota.

A Polícia Civil também se pronunciou sobre o caso, por meio de nota: "Assim que acionada, ontem (15/12) à noite, a Polícia Civil deslocou equipe da perícia criminal ao local dos fatos e o rabecão. O corpo da criança, de 11 anos, foi removido ao Posto Médico Legal em Betim, onde foi submetido a exames. Tanto as testemunhas quanto a dona dos cães e familiares da vítima serão ouvidos para completa elucidação dos fatos e responsabilização. A investigação tramita na Delegacia de Polícia Civil em São Joaquim de Bicas".



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade