UAI
Publicidade

Estado de Minas APREENSÃO DE DROGAS

Homem é preso com drogas avaliadas em mais R$ 4 milhões em Minas

As drogas estavam em uma caminhonete roubada e o motorista era foragido da justiça


29/11/2021 20:33 - atualizado 29/11/2021 20:33

Policial Rodoviário Federal em frente às drogas apreendidas
Foram apreendidos 10 kg de pasta base de cocaína e cerca de 1,3 kg de maconha dentro da caminhonete (foto: PRF/divulgação )
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu aproximadamente 10 kg de pasta base de cocaína e cerca de 1,3 kg de maconha dentro de uma caminhonete roubada em Caxambu, na Região Sul de Minas Gerais. Um homem, foragido da justiça, também foi preso.

 

Em ação de combate ao crime no km 302 da BR-267, os policiais deram ordem de parada a um veículo de cor branca, que tentou fugir da fiscalização.


Segundo a equipe da PRF que fez o acompanhamento tático do veículo, o motorista executou manobras de grande risco em alta velocidade.

Ao parar a caminhonete, o condutor tentou fugir correndo, mas foi alcançado e preso pelos policiais.

No interior e na carroceria do veículo, foram encontrados cerca de 1,3 kg de Maconha e aproximadamente 10 kg de pasta base de cocaína. De acordo com a PRF, se fossem negociadas, as drogas poderiam render mais de R$ 4 milhões de reais aos traficantes.

As drogas apreendidas saíram do Paraná e seguiriam para o interior do estado do Rio de Janeiro.

Em consulta aos sistemas policiais disponíveis, foi verificado que o motorista tinha um mandado de prisão ativo contra ele. A caminhonete também tinha queixa de furto/roubo, além de placas clonadas. Dentro do veículo, os policiais encontraram ainda diversas outras placas de identificação, com numerações distintas, que seriam utilizadas durante o trajeto.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia de São Lourenço para as providências.
 
*Estagiária so supervisão do subeditor Eduardo Oliveira 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade