UAI
Publicidade

Estado de Minas ESPÍRITO NATALINO

Papai Noel dos Correios 2021: veja como adotar a carta de uma criança

São milhares de cartas com os mais variados pedidos. Neste ano, a campanha terá formato 100% on-line


26/11/2021 06:00 - atualizado 26/11/2021 07:22

Agência Central dos Correios. Na foto decoração natalina e uma pessoa sendo atendida
A agência Central dos Correios, localizada na Avenida Afonso Pena, 1270, no centro de BH é um dos pontos de entrega dos presentes (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Faltando um mês para o Natal, quem quiser já pode adotar a carta de uma criança na campanha Papai Noel dos Correios deste ano. Em Minas Gerais, a campanha teve início em 12 de novembro e terá formato 100% on-line.

 

A iniciativa tem o objetivo de incentivar a escrita – propagando, entre as crianças, valores como solidariedade e esperança-, e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.


São milhares de cartinhas emocionantes esperando por um padrinho ou madrinha. Elas são escritas por alunos matriculados em escolas públicas, até o 5º ano, e por crianças em situação de vulnerabilidade social, com até 10 anos de idade. 

Os pedidos são os mais variados: bolas, bonecas, calçados e até materiais escolares. Na atual crise gerada pela pandemia da COVID-19, alguns são ainda mais impressionantes. Têm crianças pedindo panetones ou uma blusa de frio para a avó. 

Se você se solidarizou com os pedidos, veja como participar:

- Como enviar uma carta: ela deve ser manuscrita e, depois, fotografada ou digitalizada para mandar para o blog da campanha. Os Correios lembram que é importante enviar uma imagem nítida para que a mensagem possa ser lida e compreendida pelo Papai Noel. As cartas que atenderem aos critérios estabelecidos pela ação são colocadas para adoção no blog da campanha.

- Como adotar: basta acessar o blog. Na página, é preciso clicar em “Adoção On-line” e seguir os passos. O padrinho ou madrinha escolhe a localidade para visualizar as cartinhas disponíveis em cada cidade ou município.

- Entrega dos presentes: os presentes deverão ser entregues presencialmente, no ponto de entrega mais próximo da localidade indicada no blog. Os Correios ressaltam que o atendimento presencial será feito com atenção aos protocolos de segurança – uso de máscaras e distanciamento –, para evitar aglomerações. Em Belo Horizonte, o prazo para entrega é até 20 de dezembro. Para consultar outras localidades do estado, clique aqui.

- Limite de cartas: a quantidade limite para adoção on-line é de 30 cartas. Pessoas físicas ou empresas que quiserem adotar um número maior de cartas podem saber como fazer, clicando aqui

- Adoção responsável: o padrinho é responsável pelas cartas que adotar. Os Correios lembram que uma desistência e não devolução da carta impede que ela seja adotada por outro padrinho, já que as solicitadas são retiradas do sistema de adoção e deixam de ficar disponíveis.

Mais de 30 anos de história

A campanha nasceu pela iniciativa de alguns empregados da estatal que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade