UAI
Publicidade

Estado de Minas SAÚDE

Patos de Minas transfere ortopedia e anuncia mutirão de cirurgias eletivas

Serão realizadas cerca de 400 cirurgias só no mês de dezembro


18/11/2021 11:04 - atualizado 18/11/2021 11:09

Ana Carolina Caixeta (secretária de saúde), Luís Eduardo Falcão (prefeito) e Odilene Gonçalves (diretora da Santa Casa)
Ana Carolina Caixeta (secretária de saúde), Luís Eduardo Falcão (prefeito) e Odilene Gonçalves (diretora da Santa Casa) em entrevista coletiva (foto: Igor Nunes)
A população de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, que depende da rede municipal de saúde, deve ficar atenta. A partir de sexta-feira (19/11), a ortopedia de média complexidade não será mais atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Para diminuir as filas, a prefeitura decidiu transferir a especialidade para a Santa Casa de Misericórdia.

“A UPA atenderá apenas casos simples, como febre, dores entre outros sintomas. Todos os casos de ortopedia deverão ser direcionados para a Santa Casa”, explicou a Secretária Municipal de Saúde, Ana Carolina Magalhães Caixeta.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) já está orientado a encaminhar os pacientes para a Santa Casa. Quem decidir procurar atendimento por conta própria também deve se dirigir para o hospital, situado na Avenida Marabá, 901, bairro Alto Caiçaras.

Mutirão de cirurgias eletivas

Em Patos de Minas, cerca de 3 mil pessoas aguardam para realizar cirurgias eletivas. O prefeito Luís Eduardo Falcão (Podemos), disse em maio, no aniversário da cidade, que se esforçaria ao máximo para zerar a fila.

Na última quarta-feira (17/11), em entrevista coletiva, a Secretaria Municipal de Saúde anunciou um mutirão de cerca de 400 cirurgias para o mês de dezembro. A maioria dos procedimentos será de hérnias e de hemorróidas. Os pacientes serão convocados com base no cadastro do Sistema Único de Saúde (SUS).

A orientação é de que o paciente que esteja precisando, procure atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou nas Unidades de Saúde da Família (USF). Somente através de avaliação médica e que a pessoa será incluída na fila de espera.

A UPA está situada na Rua Peluzo, 238, Bairro Jardim Peluzzo. O telefone de contato é o (34) 3822-9113. Já as USF estão espalhadas por vários bairros da cidade. No site da prefeitura é possível consultar os endereços.

A Santa Casa de Misericórdia

A Santa Casa de Misericórdia funciona no prédio do antigo Centro Clínico Universitário e conta com cerca de 30 leitos de UTI e enfermaria. No local, no auge da pandemia, funcionou o hospital de campanha.

O hospital foi inaugurado em 7 de agosto. O governo estadual destinou cerca de R$ 10,7 milhões para aquisição de equipamentos. A prefeitura também aplicou recursos públicos, sobretudo para manter os funcionários.

A Associação Beneficente Dr. Paulo Borges é a mantenedora do hospital e a promessa, inclusive do prefeito, é que ele atenda, nos primeiros anos, exclusivamente pelo SUS.

Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Ana Carolina Caixeta, os leitos de UTI ainda não estão habilitados junto ao Ministério da Saúde. Apesar disso, eles já estão em funcionando através de custeio pelo próprio município.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade