UAI
Publicidade

Estado de Minas FUGA ACABA EM MORTE

Jovem de 22 anos morre baleado após fugir de abordagem policial

Rapaz pilotava moto, com um menor na garupa, em Itajubá, no Sul de Minas. Policial alega ter atirado após ver o garupa fazer movimento como se fosse sacar arma


15/11/2021 19:06 - atualizado 15/11/2021 19:15

arma dispensada em matagal pela dupla que tentou fugir da PM
Arma encontrada em matagal próximo do local onde piloto da moto foi socorrido, diz PM (foto: Polícia Militar/Divulgação)
Um jovem de 22 anos morreu depois de ser baleado, em Itajubá, no Sul de Minas, na noite deste domingo (14/11), após fugir de uma abordagem policial. Ele pilotava uma moto e teria feito manobras perigosas e andado em alta velocidade por ruas da cidade. De acordo com a Polícia Militar, o disparo foi realizado por um policial ao perceber que o garupa da motocicleta fez um movimento de levar a mão à cintura, como fosse pegar algo.

Mesmo após o disparo, o rapaz continuou em fuga sobre a moto por mais alguns metros. Os policiais receberam a informação de que havia um homem ferido ao lado de uma moto, cerca de 400 metros de onde os dois militares a pé teriam tentado efetuar a abordagem.

Os policiais acionaram o Samu e Corpo de Bombeiros para o socorro, mas o jovem faleceu em seguida. O garupa da moto, um menor de 16 anos, estava no local. O adolescente disse aos policiais que assim que pararam a motocicleta, ele entrou em um matagal próximo, permanecendo lá por alguns minutos antes da chegada das guarnições da PM.

Com o apoio da equipe com cães farejadores, foram feitas buscas no matagal, onde foi localizado um revólver calibre 22, com quatro munições. Ainda segundo a PM, o menor afirmou que fugiram da abordagem policial porque estavam portando drogas, que foram dispensando pelo caminho durante a fuga.

O piloto que faleceu tinha passagens por tráfico e direção perigosa. Segundo o boletim de ocorrência da PM, o menor também possui passagens por tráfico.

Os militares envolvidos na ocorrência foram encaminhados para o Batalhão de Polícia Militar em Itajubá, onde foram tomadas as medidas de Polícia Judiciária Militar. O inquérito militar deverá ser aberto nesta terça-feira (16), primeiro dia útil após a ocorrência. ( Mágson Gomes - Especial para o Estado de Minas )


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade