UAI
Publicidade

Estado de Minas GASTRONOMIA

Após dois anos de pausa, Festival da Jabuticaba de Sabará está de volta

Além da fruta in natura, público poderá apreciar produtos como geleias, doces, molhos; programação também conta com festins e atrações culturais


12/11/2021 07:00

Maria da Gloria Ferreira com produtos feitos da jabuticaba para ser vendido no festival.
Maria da Glória mostra com orgulho suas criações à base de jabuticaba (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
O quintal fornece a matéria-prima, a experiência cria as receitas e o amor pela atividade dá o tom do sucesso. Assim nascem e crescem os produtos à base de jabuticaba feitos por Maria da Glória Ferreira, de 63 anos, moradora da comunidade de Pompéu, a 5 quilômetros do Centro de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. “O terreno centenário é herança de família, então ‘cultivo’ o maior carinho. Cerca de 80% das frutas são daqui mesmo”, diz, com satisfação, a participante, desta sexta-feira (12/11) ao dia 21, da 35ª edição do Festival da Jabuticaba de Sabará, tradicional evento gastronômico da cidade.

Na manhã chuvosa de ontem, Maria da Glória estava “embalada... e embalando” potes de geleia, garrafas vinhos, licores, cachaça e frascos dos molhos especiais comercializados com o nome Delícias da Pretinha, apelido das frutas donas de uma legião de apreciadores. “Comecei a produção há quase três décadas e tenho a parceria do meu irmão Heraldo Silva Ferreira para inventar as receitas”, afirma Maria da Glória, também à frente da marca Delícias da Tia Maria, com oferta de doces variados e geleias de frutas. No festival promovido pela Prefeitura de Sabará, Secretaria Municipal de Cultura, estarão presentes 26 produtores e atrações culturais para moradores e visitantes, “festins” e as cozinhas Show e Solidária.

Prestes a inaugurar bem na frente de sua casa um espaço para não só vender seus produtos como servir porções, Maria da Glória se orgulha do que já criou. “Temos os exclusivos, que são o molho especial para carnes, o licor de jabuticaba com pimenta e a cachaça curtida com folha de jabuticaba. Os demais são comuns a todos os produtores, a exemplo do licor rosê, a cachaça curtida com jabuticaba, chocolate com geleia de jabuticaba, batizada de Amarucaba e muitos outros. O turismo está crescendo muito, sempre tem gente interessada em comprar”, afirma a moradora de Pompéu. Ela ressalta a importância dos protocolos adotados pela prefeitura no festival: “Vamos ter cozinha-show. A proteção nos dá segurança.”

Quem for a Sabará, poderá saborear jabuticaba no pé, combinando o preço no local com os proprietários. “As jabuticabeiras são tradição na nossa família e tenho prazer em receber as pessoas”, diz a professora Rosângela Augusta de Oliveira, da Fazenda dos Cristais, em Arraial Velho. Já Erci de Freitas, com propriedade perto do distrito de Ravena, na rodovia BR-381, a 37 quilômetros de BH, vai “alugar” as árvores pela primeira vez. “Temos 300 jabuticabeiras”, conta se mostrando feliz pela safra deste ano que “está muito boa”.

ATRAÇÕES Após quase dois anos longe do público na forma presencial, e de quase um ano de uma edição exclusivamente virtual, devido à pandemia, o festival será realizado no Centro Administrativo Hélio Geraldo de Aquino e em diversos locais da cidade, respeitando todos os protocolos de segurança contra a COVID-19.

De acordo com a prefeitura local, o público contará com apresentações de diversos artistas regionais que prometem explorar os mais variados ritmos musicais e animar os participantes do festival. A abertura será hoje às 20h, com shows sábado, domingo e no feriado ( veja abaixo ).

Além das atrações musicais, o público terá os “festins”, pequenos eventos promovidos em bares, restaurantes, pousadas e hotéis da cidade, com apresentação, principalmente, da rica gastronomia local feita com a jabuticaba e seus produtos derivados como licor, geleia, sorvete, vinho e molhos.

Pratos típicos, comércio da fruta in natura e toda a riqueza cultural de Sabará com música e tradição, poderão ser apreciados em aproximadamente 20 estabelecimentos localizados em todas as regionais do município, incluindo o famoso Centro Histórico e o Bairro Pompéu, também conhecido por sediar o Festival do Ora-Pro-Nóbis.

PROGRAMAÇÃO

Atrações no Centro Administrativo Hélio Geraldo de Aquino, em Sabará (Rua Marquês de Sapucaí, 317, Centro)

Sábado (13)

13h – Lylah
18h – Simplesmente Vander Lee

Domingo (14)
13h – Trio Allegro
18h – Kfé & Viola

Segunda-feira, feriado (15)
13h – Cor do Choro
18h – Braba


SERVIÇO

- Para mais informações, acessar  http://jabuticaba.mg.gov.br  ou entrar em contato com a Secretaria Municipal de Turismo pelo telefone (31) 3671- 1403. 

- Rosângela Augusta de Oliveira, da Fazenda dos Cristais, em Arraial Velho – Telefone: (031) 99676-3421

- Erci de Freitas, com propriedade perto do distrito de Ravena, na rodovia BR-381, a 37 quilômetros de BH – Telefone: (031) 98789-4842


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade