UAI
Publicidade

Estado de Minas MAIS SEGURANÇA

Unidades de Saúde de BH serão monitoradas por câmeras de vigilância

O objetivo da prefeitura é aumentar a segurança nos postos de saúde; a Guarda Municipal vai ajudar no trabalho


11/11/2021 18:02 - atualizado 11/11/2021 19:25

Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH)
Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH) (foto: Adão de Souza- PBH/Divulgação )
Centros de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Unidades de Referência Secundárias e Diretorias Regionais de Saúde da capital mineira serão monitorados pelo Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH) graças à instalação de 1.322 câmeras em 364 equipamentos de saúde. 

 

 


Cerca de 200 unidades já têm o espelhamento, e a ampliação para as demais será feita gradualmente, com previsão de término até dezembro deste ano, de acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Os locais estão sendo monitorados sete dias por semana, 24h por dia. 

A medida foi anunciada pelo secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (11/11). 

Participaram do encontro a secretária-adjunta de Saúde, Taciana Malheiros, o secretário municipal de Segurança e Prevenção, Genilson Zeferino, o comandante da Guarda Municipal, Rodrigo Prates, e a diretora do COP-BH, Georgia Ribeiro. 

“O sistema nos permite levar mais segurança aos usuários, justamente devido ao monitoramento que é feito em tempo real. Com essa supervisão através das câmeras, será possível uma pronta resposta caso tenhamos ocorrências nas unidades da Rede SUS-BH”, disse Jackson Machado.
 
O secretário municipal de Segurança e Prevenção, Genilson Zeferino, afirma que a intenção é ampliar essa iniciativa para outras áreas. “O próximo passo seria a atuação nas escolas, nos parques, cemitérios. A Segurança está buscando entender o fenômeno da violência, onde ela se apresenta e com multi fatos.” 

Segundo Zeferino, a ideia é que essa ampliação aconteça o mais breve possível.  

Mais segurança 

 
Caso ocorra uma situação que possa colocar em risco a população ou os trabalhadores, a gerência da unidade de saúde aciona a Sala de Controle Integrado do COP-BH. Um  plantonista da Secretaria Municipal de Saúde, que estará no local em tempo integral, é o responsável por fazer o acompanhamento das imagens das câmeras. São quatro profissionais trabalhando em escala de revezamento. 

Segundo a PBH, existem procedimentos que devem ser seguidos em cada tipo de situação. 

Depois da notificação, o plantonista avalia a situação e, caso seja necessário, avisa imediatamente a central da Guarda Municipal ou a Polícia Militar de Minas Gerais. Ambas também têm representantes no centro de operações. Enquanto as viaturas se deslocam para o local, elas recebem orientações, até a chegada das equipes e finalização da ocorrência. 

De acordo com Jackson Machado, o que muda com a iniciativa é o tipo de monitoramento. “Esse monitoramento feito pelo COP-BH permite uma ação muito mais ágil porque o acionamento da Guarda Municipal é imediato. Isso permite precisar também qual o tamanho da resposta necessária, dependendo do tamanho do problema que acontece. Isso também contribui para inibir episódios de violência, sabendo todos que os centros estão monitorados.”

As Diretorias Regionais de Saúde também terão monitoramento da temperatura dos contêineres refrigerados e freezers que armazenam as vacinas da Campanha de Vacinação contra a COVID-19. As câmeras permitem a visualização do painel que registra a temperatura do equipamento. Caso haja alguma modificação, os profissionais da COP-MG entram em contato com a unidade para fazer as reparações necessárias. 

Para  garantir a segurança de trabalhadores e usuários, todos os Centros de Saúde têm alarme e “botão do pânico”. O dispositivo é usado para sinalizar situações de emergência ou risco. Nenhum tipo de som é emitido, para preservar a integridade da pessoa que o acionar. O alerta chega diretamente para o COP-BH, por meio de empresa contratada.  
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade