UAI
Publicidade

Estado de Minas SEM EFEITO

Mesmo com chuvas, Uberaba alerta para que população economize água

Devido à baixa vazão do Rio Uberaba, ontem (24/10) e hoje, o sistema de transposição do Rio Claro precisou ser religado


25/10/2021 18:46 - atualizado 25/10/2021 18:54

Pouca água em estação de captação
Situação de hoje (25/10) na estação de captação da Codau no Rio Uberaba (foto: Codau Uberaba/Divulgação)
A seca prolongada de cerca de seis meses esse ano em Uberaba e região continua causando danos, tanto que a Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau) alertou, hoje (25/10), para que a população da cidade continue economizando água, mesmo diante das previsões meteorológicas de aumento da frequência do volume de chuva na Região Sudeste para os meses de outubro e novembro.

LEIA TAMBÉM:  841 cidades de MG em alerta, e Norte e Noroeste com "perigo" por causa da chuva
Segundo a Codau, o Rio Uberaba voltou a ter redução de vazão neste final de semana e o sistema de transposição do Rio Claro precisou ser religado.
 
“A seca prolongada afetou drasticamente os mananciais e a taxa de reposição pela precipitação pluviométrica está sendo insuficiente. Ainda não foi possível verificar a recarga completa do lençol freático na bacia do Rio Uberaba”, diz trecho de nota da companhia.

Nos últimos dias, mesmo com um acumulado de 140,8 mm de precipitação em setembro e outubro em Uberaba, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a vazão do Rio Uberaba voltou a cair novamente.
 
Ontem, com o baixo volume de água registrado na Estação de Captação, em torno de 760 litros/segundo, a equipe de engenharia da Codau decidiu pelo acionamento da transposição do Rio Claro, com um motor elétrico sendo religado. E hoje, um segundo motor também foi acionado.
 
Ao longo do mês de outubro, a vazão média do Rio Uberaba ficou em 1000 litros/segundo e com o sistema de transposição do Rio Claro operando por 11 dias.

Segundo o presidente da Codau, José Waldir de Sousa Filho, o volume de chuva nesta primavera em Uberaba, por enquanto, está abaixo do necessário para regularizar a vazão do Rio Uberaba.
 
“Além disso, este volume não está sendo suficiente para suprir o déficit nos principais afluentes do Rio Uberaba, que estão enfrentando uma situação de secura muito intensa este ano. Por isso a necessidade de a população manter os hábitos de economia de água como forma de colaborar com a situação hídrica do rio”, destacou Sousa Filho.


 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade