UAI
Publicidade

Estado de Minas FUGITIVO

Polícia prende autor de feminicídio foragido desde 2009

As vítimas foram uma ex-mulher e uma ex-companheira. A motivação, ciúmes e não aceitar o fim do relacionamento


20/10/2021 16:19 - atualizado 20/10/2021 17:15

Viatura da Polícia Civil
A prisão do suspeito, que usava documentos falsos, de seu irmão, ocorreu em Santana do Paraíso (foto: PCMG)

Um homem, autor de um feminicídio em 2009, e de uma tentativa de feminicídio em 2012,  foi finalmente preso nesta quarta-feira (20/10) pela Polícia Civil, que cumpriu mandado de prisão na cidade de Santana do Paraíso, na Região do Rio Doce. O homem usava documentos falsos, com o nome do irmão, desde o primeiro crime.

 

O primeiro crime cometido por ele foi em 2009. O feminicídio teve como vítima a mulher com quem ele era casado, na cidade de Dom Silvério, na Zona da Mata mineira. A mulher foi assassinada a pauladas e a motivação foi ciúmes. No mesmo ano, na mesma cidade, ele teria tentado assassinar uma cunhada, irmã da vítima fatal.


Já em 2012, na cidade de Santana do Paraíso, na Região do Rio Doce, o homem tentou matar sua então companheira, com um tiro no rosto. Novamente, o motivo foi ciúmes. O suspeito não aceitava o fim do relacionamento.


Ao ser preso e apresentar o documento de identidade, os policiais suspeitaram que fosse falso, devido ao nervosismo do homem. Numa consulta feita, descobriu que o nome que constava era, na verdade, de seu irmão.


Levado para a delegacia, o suspeito confessou que usava o documento com o nome do irmão desde 2009, quando matou a ex-mulher. Ele confessou os dois crimes. Contou também que a família não tinha conhecimento de que ele usava a identidade do irmão.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade