UAI
Publicidade

Estado de Minas HOMICÍDIO CRUEL

Polícia prende criminosos que executaram rapaz e depois apedrejaram corpo

Crime foi registrado na noite da última terça-feira (5/10), no Bairro Novo Horizonte, em Martinho Campos, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais


07/10/2021 10:26 - atualizado 07/10/2021 13:27

Policiais Militares diante de viaturas
Polícia Militar identificou os responsáveis pelo crime em menos de 24 horas (foto: Divulgação/PMMG)
Três jovens menores de 18 anos responsáveis pela morte de um rapaz de 25, foram presos pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira (6/10) em Martinho Campos, na Região Centro-Oeste de Minas. Eles foram localizados nos Bairros São Geraldo e Lagoa dos Buritis, conhecido também por Cojam.

O crime ocorreu na última terça-feira (5/10), na Rua Antônio Vieira, no Bairro Novo Horizonte . Além de executarem a vítima, os adolescentes ainda apedrejaram o corpo depois.
 
De acordo com a polícia, com os criminosos foram apreendidas as armas de fogo - sendo duas artesanais e um revólver calibre. 38 - que foram utilizadas no homicídio, além de diversas munições.
 
A vítima tinha passagens por uso de drogas e suposto envolvimento com tráfico.
 
Armas de fogo em cima de uma mesa, ao lado do símbolo da Polícia Militar
Foram apreendidas três armas de fogo na Operação Saturação (foto: Divulgação/PMMG)
 
 

O crime

 
Por volta das 21h, os policias foram acionados para atender uma ocorrência de homicídio. No local, eles apuraram que seis pessoas estavam conversando no passeio, em frente a uma casa, quando três criminosos desceram de um carro e se aproximaram efetuando vários disparos com arma de fogo.
 
Todos os que estavam em frente da residência saíram correndo, exceto o rapaz que foi covardemente alvejado pelos criminosos. A vítima recebeu a ordem de deitar no chão e, depois de obedecer, foi baleada.
 
Conforme mostram as gravações das câmeras de segurança da casa, dois dos autores ainda chutaram o rapaz, arremessaram pedras contra o corpo já estendido no chão e fugiram em seguida.
 
Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada imediatamente. Minutos depois, os paramédicos chegaram a fazer o atendimento do rapaz, mas ele não resistiu, mesmo antes de ser levado ao hospital Dr. Odilon Andrade.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade