UAI
Publicidade

Estado de Minas REVOLTA

Casa de suspeito de assassinar criança é incendiada

Bombeiros de Araguari foram chamados nesta quarta, pois populares haviam queimado a casa do homem que acabou linchado com a descoberta da vítima no local


30/09/2021 11:06 - atualizado 30/09/2021 11:43

Pelo menos um cômodo foi destruído completamente pelo fogo
Pelo menos um cômodo foi destruído completamente pelo fogo (foto: Divulgação/CBMG)
A casa do homem que teria matado uma criança de 9 anos em Araguari foi queimada ainda na noite desta quarta-feira (30/9) por pessoas revoltadas com o crime na cidade do Triângulo Mineiro. O proprietário do imóvel foi linchado após o corpo da vítima ter sido encontrado no quintal da residência.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ao serem solicitados no Bairro Gutierrez, as equipes encontraram a casa ainda em chamas. Foi preciso forçar a entrada para o combate do fogo. Cerca de mil litros de água foram usados para apagar o incêndio e fazer o rescaldo para evitar nova ignição do fogo.

Apesar dos estragos gerais, apenas um dos cômodos ficou destruído por completo, segundo os militares, além de danos no mobiliário do imóvel.

Ainda não há como saber como o fogo realmente começou, mas a informação que circulou pela vizinhança era de que moradores da região que iniciaram o incêndio.

O assassinato


Na quarta-feira (29/9), o corpo de Larissa dos Anjos Sena foi descoberto nos fundos da residência de Juliano Almeida Ribeiro, de 35 anos. Ela ficou desaparecida durante boa parte da tarde até que se soube que a criança foi assassinada a facadas. Existia a informação de que ele poderia ter sido estuprada, o que ainda não está confirmado.

Com o cadáver encontrado, pro revolta, os moradores passaram a agredir o dono da casa. Ele não sobreviveu ao espancamento.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade