UAI
Publicidade

Estado de Minas ZONA DA MATA

Adolescente é preso em Abre Campo por invadir redes sociais da prefeitura

Quando era ainda menor de idade, jovem publicou mensagem falsa sobre o combate à COVID-19 e causou transtornos na cidade


17/09/2021 19:06 - atualizado 17/09/2021 20:49

Publicação na rede sociais causou prejuízos à administração pública no combate ao Covid-19
Publicação na rede sociais causou prejuízos à administração pública no combate ao Covid-19 (foto: Abrecampo.mg.gov.br)

Mais um crime cibernético, agora tendo como vítima a Prefeitura de Abre Campo, na Zona da Mata, foi apurado pela Polícia Civil, que prendeu um adolescente, de 18 anos. Quando cometeu os crimes, ele tinha 17. No dia 11 de março, na página oficial da instituição em uma rede social, foi realizada uma postagem que causou transtorno à administração pública no enfrentamento da pandemia contra a Covid-19.


Segundo a polícia, além de invadir a página, o suspeito montou a postagem com as logomarcas da Prefeitura de Abre Campo e da Secretaria Municipal de Saúde e publicou o conteúdo como se fosse a administração pública. A mensagem era contrária ao decreto municipal em vigor sobre às restrições para combater a propagação do coronavírus.


O infrator foi preso e, na delegacia, ao prestar depoimento, alegou que não tinha conhecimento que sua postagem causaria transtorno e prejuízo. Afirmou ainda que produziu o material com o objetivo de ajudar os comerciantes.


O suspeito da ação, que na época era adolescente, responderá pelos atos infracionais análogos aos crimes dos artigos 266, §1º, e 154-A, ambos do Código Penal e que falam sobre invasão de programas e de computadores. A pena é a reclusão, de um a três anos, e multa.

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade