UAI
Publicidade

Estado de Minas SEQUESTRO E EXTORSÃO

Usando perucas, dupla sequestra mulher à luz do dia em estacionamento

Após dominada, vítima foi levada para a própria residência, onde estavam mais cinco pessoas; entre elas o marido, dono de concessionária de veículos


16/09/2021 12:18 - atualizado 16/09/2021 12:54

Carro roubado em Ribeirão Preto, usado pelos suspeitos para irem até o shopping, onde sequestraram a vítima, foi localizado abandonado pela PRF
Carro roubado em Ribeirão Preto, usado pelos suspeitos para irem até o shopping, onde sequestraram a vítima, foi localizado abandonado pela PRF (foto: Jairo Chagas/Jornal da Manhã/Divulgação)
Pode parecer até cena de filme, mas aconteceu em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Por volta do meio dia desta quarta-feira (15/9), no estacionamento de um shopping da cidade, dois homens com perucas lisas e óculos escuros,  um deles armado com uma pistola, sequestraram uma mulher, de 61 anos, no momento que ela iria entrar em seu veículo Audi.
 
Em seguida, a vítima foi levada para a própria residência, onde estava mais cinco pessoas: o marido, de 62 anos, que é empresário do ramo de veículos, a nora, de 33, que estava com a filha de dois, e dois funcionários da residência (um homem de 47 anos e uma mulher, de 52 anos).
 
Neste local, com as seis pessoas rendidas, a dupla inicialmente exigiu dinheiro através de transferência para conta bancária, a qual o titular colocou o número de um CNPJ.
 
Segundo informações da Polícia Militar (PM), que registrou a ocorrência como extorsão consumada, uma das vítimas fez um ted no valor de R$ 35 mil para a conta indicada por um dos suspeitos.
 
Em seguida, a dupla ainda roubou um par de alianças de ouro, relógio, um colar de ouro, aproximadamente R$ 400 em dinheiro e várias joias.
 
Ao final do crime, os dois homens amarraram as vítimas (exceto a mulher de 33 anos e sua filha pequena) e fugiram levando uma caminhonete Amarok, que aina não foi encontrada.
 
Suspeitos chegaram no mesmo momento que a vítima
 
Após o crime, a PM visualizou as imagens de câmeras de segurança do Shopping Uberaba, que mostraram que um veículo Honda Civic, que estava com placas possivelmente clonadas, entrou no shopping no mesmo horário que a vítima, sendo que a seguiu e estacionou perto do carro dela.
 
Então a dupla aguardou. Quando a mulher retornou ao estacionamento do shopping, eles desceram e entraram no carro dela.
 
Algumas horas depois do crime, o Honda Civic foi localizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), abandonado em estrada vicinal, à margem da BR-050, nas proximidades do posto policial.
 
O carro estava sem as placas e danificado internamente e parcialmente, por fogo. Após consulta do chassi, foi constatado que o veículo é de Ribeirão Preto (SP), onde foi tomado em assalto. 
 
Suspeitos e vítimas provavelmente se conhecem
 
De acordo com o registro da PM, no início do crime os suspeitos chamaram a vítima pelo nome: no momento em que mostraram a arma de fogo e exigiram que ela entrasse no carro. Em seguida, disseram que sabiam quem era a irmã dela.
 
Durante todo o trajeto, eles permaneceram ao celular, conversando com terceiros e um deles teria dito: “Fala baixo, pois ela vai reconhecer a sua voz”.
 
Além disso, antes de fugirem da casa da família, um dos suspeitos disse: “Toma cuidado, pois temos todas as informações de suas empresas e sabemos que você tem muito dinheiro”.
 
O Código Penal prevê pena mínima de reclusão de 4 a 10 anos e multa no caso de crime de extorsão. No caso de extorsão mediante sequestro, a pena mínima é de reclusão de 8 a 15 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade