Publicidade

Estado de Minas 'RODOVIA DA MORTE'

BR-381 é palco de mais um acidente neste domingo (1º/8) com duas vítimas

Veículo de passeio com duas pessoas capota e sai da pista; mais cedo, em outro trecho da mesma 381, três morreram após um caminhão cair de ponte


01/08/2021 14:41

Carro saiu da pista na altura de Sabará e duas pessoas ficaram feridas - uma delas em estado grave(foto: PRF/Divulgação)
Carro saiu da pista na altura de Sabará e duas pessoas ficaram feridas - uma delas em estado grave (foto: PRF/Divulgação)
A BR-381, cujo trecho em direção a Vitória (ES) é conhecido como Rodovia da Morte, registrou mais um grave acidente neste domingo (1º/8). Poucas horas após a morte de três pessoas na queda de um caminhão, um veículo de passeio capotou e saiu da pista. O acidente foi registrado no início da tarde na altura de Ravena, em Sabará, na Grande BH.

 

O Corpo de Bombeiros informou que duas pessoas ficaram feridas, sendo uma mulher em estado grave. "O veículo acabou ficando com as rodas para cima. Uma mulher ocupante do carro acabou retida dentro do veículo, mas foi liberada", esclareceu a corporação, por meio de nota.

 

LEIA TAMBÉM: Caminhão cai da ''Ponte Torta'' na BR-381, em João Monlevade, e três morrem 

 

Pela gravidade dos ferimentos, essa vítima precisou ser levada ao Hospital João XXIII pelo Arcanjo, helicóptero dos bombeiros. Já a outra pessoa envolvida estava com lesões leves e foi conduzida pela ambulância da corporação.

 

Caminhão despenca

 

Mais cedo, na manhã deste domingo (1º/8), um caminhão caiu de um trecho na mesma BR-381 conhecido como Ponte Torta, em João Monlevade, na Região Central de Minas. Foi exatamente o mesmo ponto onde um ônibus de turismo caiu em dezembro de 2020, o que resultou na morte de 19 pessoas.

 

Os três ocupantes do caminhão morreram na hora(foto: Reprodução/Redes sociais)
Os três ocupantes do caminhão morreram na hora (foto: Reprodução/Redes sociais)
 

 

Desta vez, três pessoas perderam a vida. O acidente ocorreu por volta das 10h. As autoridades tiveram trabalho durante o resgate porque, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), havia o risco de cair concreto sobre as equipes. 

Pelotões do Corpo de Bombeiros de Itabira e Ipatinga foram mobilizados. Após horas de interdição, a pista foi liberada por volta das 14h.

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade