Publicidade

Estado de Minas ANÁLISE E PROPOSTAS

Plano de carreira da educação em Araxá deve entrar em vigor em 2022

A categoria tem um plano aprovado desde 2009, mas que não saiu do papel. O documento está sendo revisado para ser implantado ano que vem


28/07/2021 17:24 - atualizado 28/07/2021 17:44

Servidores da educação de Araxá participam de videoconferência com o prefeito(foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
Servidores da educação de Araxá participam de videoconferência com o prefeito (foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
O prefeito de Araxá, Robson Magela, garantiu para 2022 a aprovação do plano de carreira e também um aumento do vale-alimentação dos servidores municipais da área da educação.
 
Em reunião na manhã desta quarta-feira (28/7) com os servidores, por meio de videoconferência, o prefeito informou que um estudo está sendo feito pela Secretaria Municipal de Educação para que o plano de carreira da categoria – aprovado em 2009, mas sem efetividade – seja atualizado e implantado no começo de 2022.
 
“São compromissos que estão no nosso Plano de Governo e vamos executá-los. Deixei isso bem claro na reunião com os servidores, que têm as portas da prefeitura abertas para nos procurar diretamente”, assegurou Magela.
Ele destacou que haverá um aumento do vale-alimentação em 2022 para o quadro geral de servidores, que atualmente está padronizado em R$ 300. O reajuste não pode ser feito agora por causa da Lei Complementar 173/2020, que, entre outras regras, proíbe reajuste aos servidores federais, estaduais e municipais.
 
“Ainda estamos estudando em qual valor o vale alimentação pode chegar a partir do ano que vem e, por isso, ainda não tem um valor definido para ser aplicado”, complementa a secretária de Educação de Araxá, Zulma Moreira.
 

Plano de Carreira

Em relação ao plano de carreira dos servidores da educação, aprovado em 2009, a secretária explica que “não foi cumprido por uma série de motivos, como a questão de falta de orçamento público, impacto financeiro etc. Por exemplo, este plano de carreira aprovado em 2009 retirou o quinquênio, entre outras alterações, que os servidores agora não querem mais ”, comenta.
 
Diante disto, ainda conforme Zulma Moreira, este plano está sendo revisado e analisado para que seja atualizado e colocado em prática no começo do ano que vem, contemplando assim todas as carreiras dos servidores da educação de Araxá.
 
“Neste momento, estamos na fase de propostas. Nós apresentamos, o sindicato também apresentou e com cada setor nós estamos conversando para montar um documento único para ser apresentado ao setor financeiro da prefeitura e, posteriormente, para a Câmara Municipal”, concluiu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade