Publicidade

Estado de Minas FEMINICÍDIO

Acusado de matar a ex-namorada admite o crime durante interrogatório em BH

O homem reafirmou, porém, que não premeditou o assassinato e estava armado pois sofria ameaças


26/07/2021 15:39 - atualizado 26/07/2021 16:28

Interrogatório de Talisson Alves Martin da Silva, acusado de matar a ex-namorada a tiros(foto: TJMG/Divulgação )
Interrogatório de Talisson Alves Martin da Silva, acusado de matar a ex-namorada a tiros (foto: TJMG/Divulgação )
O suspeito acusado de matar a tiros a ex-namorada, Talisson Alves Martin da Silva, admitiu o crime durante o interrogatórioO julgamento do assassinato de Ester Ferreira Gomes começou pouco antes das 9h30 desta segunda-feira (26/7), no Terceiro Tribunal do Júri de Belo Horizonte. 

 

 


Apesar de admitir que matou Ester, o acusado reafirmou que não premeditou a ação. Ele alegou que andava armado porque estava sofrendo ameaças e que atirou após uma discussão com a ex-namorada. 

Talisson ainda pediu desculpas à família da vítima, ressaltando que nada justifica o que ele fez. 

O crime ocorreu em março do ano passado no Bairro Alto Vera Cruz, Região Leste de Belo Horizonte, na frente da mãe de Ester, Fernanda Fernandes Gomes. Na manhã desta segunda-feira, ela convocou um protesto na porta do Fórum Lafayette, no Barro Preto, Região Centro-Sul da capital, antes do início do julgamento. 
 
Fernanda e outras mulheres vestiam camisetas com a foto de Ester. Cartazes pedindo justiça foram afixados nas grades do prédio.

O julgamento foi retomado após intervalo para o almoço, com debates entre defesa e acusação. 
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor João Renato Faria

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade