Publicidade

Estado de Minas CRUELDADE

Homens são presos por roubar e matar vaca prenha em Betim, na Grande BH

Policiais militares encontraram dupla suspeita durante patrulhamento em zona rural


23/07/2021 18:37 - atualizado 23/07/2021 19:16

Polícia prendeu dois homens suspeitos de matar vaca prenha em Betim(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Polícia prendeu dois homens suspeitos de matar vaca prenha em Betim (foto: Polícia Militar/Divulgação)

Uma dupla foi presa na madrugada desta sexta-feira (23/7) suspeita de furtar uma vaca em uma fazenda no Bairro Marimbá, zona rural de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com os policiais militares, os homens – um de 22 anos e outro de 23 – mataram o animal após o furto.

“Estavamos realizando o patrulhamento preventivo quando a guarnição do Grupamento Especializado de Patrulhamento Ambiental (Gepam) viu dois veículos parados na via, num lugar ermo. Achamos suspeito e aguardamos. Quando eles vieram, foram abordados e confessaram que haviam realizado o furto de uma vaca e a mataram”, contou o policial militar, cabo Marcelo Gama.

O militar informou que os policiais encontraram o animal esquartejado a 200 metros da estrada por volta das 4h. De acordo com a PM, os homens usaram golpes de machado e faca contra o bicho.

Em contato com o proprietário, ele contou que a vaca estava prenha e lamentou a morte do animal. “Ele era muito humilde mesmo, estava numa tristeza”, relatou cabo Gama.

O fazendeiro disse também que perdeu outras duas vacas em menos de um ano – uma em novembro do ano passado e outra em março.

Prisão e multa


Os dois homens, moradores de Betim, foram presos por furto e maus-tratos.

A dupla foi encaminhada para a sede da Polícia Ambiental do Meio Ambiente e posteriormente para a Delegacia de Plantão da cidade. 

Um auto de infração ambiental também foi emitido para os rapazes no valor de R$ 3.944 para cada infrator.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade