Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Governo de Minas autoriza cirurgias eletivas nos hospitais particulares

Entretanto, cirurgias eletivas pelo SUS continuam sem data


22/07/2021 18:28 - atualizado 22/07/2021 18:55

(foto: Pixabay/ Reprodução )
(foto: Pixabay/ Reprodução )
As cirurgias eletivas serão retomadas parcialmente em Minas Gerais. Durante a reunião desta quinta-feira (22/7) com Comitê Extraordinário COVID-19, foram apresentadas novas regras para cirurgias eletivas em hospitais privados e públicos.

Uma resolução da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) ainda será publicada sobre o tema. Com a mudança, hospitais privados, ou seja, que não recebem recursos públicos, poderão retomar as cirurgias eletivas, reduzindo assim o passivo existente e a espera dos pacientes.

Já na rede SUS, essa retomada poderá ocorrer no momento em que se comprovar estoque de pelo menos 30 dias do chamado kit intubação. Macrorregiões em cenário desfavorável seguem impedidas de realizar esse tipo de cirurgia.

A suspensão das eletivas foi determinada devido à pressão por leitos de UTI e pelo baixo estoque do kit intubação em todo o país, com a consequente dificuldade de acesso a esses medicamentos.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, a preocupação atual é em relação aos atrasos que a pandemia gerou neste tipo de cirurgia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade