Publicidade

Estado de Minas MINAS

Empresa quer construir fábrica de aviões em Araxá

A construção do empreendimento da Desaer prevê investimento de US$ 100 milhões, com geração de 1 mil empregos diretos e indiretos


04/06/2021 22:20 - atualizado 04/06/2021 22:29

A área para a possível construção do empreendimento tem quase 300 mil m² e fica anexa ao Aeroporto Municipal de Araxá(foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
A área para a possível construção do empreendimento tem quase 300 mil m² e fica anexa ao Aeroporto Municipal de Araxá (foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
A prefeitura de Araxá, no Triângulo Mineiro, está autorizada a receber uma área de 277.800 m² da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) que fica anexa ao Aeroporto Municipal da cidade. Isto porque um projeto de lei que autoriza a doação da área foi aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito Robson Magela nesta semana.
 
Diante disso, segundo a prefeitura, há interesse da empresa Desaer Desenvolvimento Aeronáutico em instalar uma fábrica de aviões no local.
 
De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, a construção do empreendimento prevê investimento de US$ 100 milhões, com geração de 1 mil empregos diretos e indiretos e capacidade inicial de fabricar quatro aeronaves por mês, atendendo os mercados comercial, cargueiro e de defesa, além de ensaios de voos.

O diretor-presidente da Desaer, Evandro Fileno, declarou que um dos conceitos que serviram de base para uma futura criação da unidade em Araxá foi o de atrair parceiros para o Brasil, contribuindo para a geração de novos empregos no país e na região.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Juliano Cesar da Silva, destaca que viabilizar uma possível vinda da Desaer em Araxá favorece não apenas a economia local, como também o desenvolvimento tecnológico.

“Seria um marco para o município ter um grande investidor, sobretudo, na área de inovação, que é uma das apostas da atual administração como forma de atrair novas empresas e estimular a qualificação da mão de obra local”, destaca o secretário.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade