Publicidade

Estado de Minas MINAS

Polícia do interior de SP prende homem suspeito de estelionato em Ituiutaba

Homem usava um RG supostamente emitido no Maranhão e foi preso quando tentava sacar dinheiro em uma agência bancária de Campinas (SP)


03/06/2021 22:51 - atualizado 03/06/2021 22:50

Documento falso usado pelo homem de 34 anos, que não teve o nome verdadeiro divulgado(foto: Delegacia de Investigações Gerais de Campinas/Divulgação)
Documento falso usado pelo homem de 34 anos, que não teve o nome verdadeiro divulgado (foto: Delegacia de Investigações Gerais de Campinas/Divulgação)
Um homem de 34 anos foi preso por policiais da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Campinas, interior de São Paulo, quando tentava sacar dinheiro com uma carteira de identidade falsa, em uma agência bancária. O homem, que é de Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, havia aberto uma conta corrente em nome de outra pessoa usando um documento que teria sido emitido no Maranhão.
 
O suspeito, identificado pela polícia paulista apenas pelas iniciais I.V.V.F.S., havia aberto uma conta corrente em nome de Thiago Alves Junqueira havia um mês e a usava para saques de valores altos, o que chamou a atenção da segurança do banco, que passou a monitorar a conta.
 
De acordo com os policiais civis, I.V.V.F.S. foi ao banco para tentar sacar os valores depositados quando a gerência da instituição financeira acionou os policiais da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG), ligada à Deic.
 
Para os policiais, o suspeito se apresentou como Thiago e deu uma cópia do RG falso.
 
Ele foi detido e levado para a delegacia, onde acabou confessando o verdadeiro nome.
 
Em contato com a equipe policial de Ituiutaba, foi descoberto que o homem era conhecido na região por prática de vários crimes de estelionato e receptação.
 
Com as informações, os policiais da DIG e de Ituiutaba fizeram buscas simultâneas em dois endereços apresentados pelo homem em um apartamento em Campinas e em um quarto de motel no Setor Sul, onde acharam os documentos verdadeiros do homem.
 
Ele foi preso por uso de documento falso.
 
Foi instaurado inquérito policial para apurar de onde vinha o dinheiro e qual a participação dele no esquema de estelionato.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade