Publicidade

Estado de Minas CRIME BÁRBARO

Jovem confessa ter enterrado a mãe ainda viva no quintal de casa

Mulher de 57 anos estava desaparecida desde março em Igarapé, na Grade BH; indícios confirmam tese de que ela foi enterrada viva


21/05/2021 07:36 - atualizado 21/05/2021 09:21

O corpo da pensionista foi encontrado pelos militares enterrado no quintal da casa dela em Igarapé, na Grande BH(foto: Google Maps)
O corpo da pensionista foi encontrado pelos militares enterrado no quintal da casa dela em Igarapé, na Grande BH (foto: Google Maps)
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu nessa quinta-feira (20/5) um rapaz de 23 anos suspeito de matar e enterrar a própria mãe em Igarapé, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O corpo foi encontrado pelos agentes no quintal da residência dela, situada no Bairro Jequitibá. Segundo a corporação, o filho da vítima confessou o crime. Há indícios de que a senhora tenha sido enterrada viva.

O cadáver da pensionista Ronalda dos Passos de Morais foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros próximo a um pé de abacate. De acordo com a polícia, ela estava desaparecida desde 14 de março.

Familiares da mulher chegaram a contratar detetives particulares para desvendar o desaparecimento dela. 

Conforme a PCMG, o filho da vítima teria confessado o assassinato durante uma consulta com o psicólogo. Um irmão dele relatou aos agentes que o jovem sofre de transtornos psiquiátricos, é usuário de drogas e mantinha uma relação conturbada com Ronalda, permeada por agressões.

Conduzido à delegacia, o suspeito já foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. Ele deve responder por homicídio e ocultação de cadáver.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade