Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Itajubá inicia vacinação de pessoas com comorbidades nesta sexta-feira

Município recebeu mais doses de vacinas contra a COVID-19, o que permitirá contemplar o novo grupo prioritário estabelecido pelo Plano Nacional de Imunização


06/05/2021 22:27 - atualizado 06/05/2021 22:33

Prefeitura de Itajubá amplia grupo prioritário para vacinação contra a COVID-19(foto: Prefeitura de Itajubá/Divulgação)
Prefeitura de Itajubá amplia grupo prioritário para vacinação contra a COVID-19 (foto: Prefeitura de Itajubá/Divulgação)
 
A Prefeitura de Itajubá informou que irá iniciar, nesta sexta-feira (7/5), a vacinação das pessoas com comorbidades e deficiências permanentes contra a COVID-19. Gestantes e mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias também foram incluídas nesse novo grupo prioritário, conforme orientação do Plano Nacional de Imunização (PNI).

Com a chegada de uma nova remessa de vacinas nesta quinta-feira (6/5), a prefeitura pôde ampliar o grupo prioritário. De acordo com a planilha divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Itajubá recebeu 2.900 da AstraZeneca e 140 unidades da CoronaVac.

Os imunizantes da AstraZeneca serão destinados à aplicação da primeira dose em idosos de 60 a 64 anos, forças de segurança e salvamento, gestantes e puérperas e pessoas que tenham comorbidades ou deficiências permanentes.

Já as vacinas da CoronaVac serão utilizadas como segunda dose em trabalhadores da saúde e forças de segurança.


Novo grupo prioritário

Nesta sexta-feira, em Itajubá, serão vacinadas pessoas de 55 a 59 anos com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A imunização será no Ginásio do Tigrão, das 8h às 14h.

É necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência e laudo médico que comprove a deficiência.

Além disso, pessoas com doença renal crônica em hemodiálise, com mais de 18 anos, receberão a primeira dose do imunizante no dia de hemodiálise – Hospital de Clínicas e da Santa Casa.

Já quem tem síndrome de down, acima de 18 anos, será vacinado na APAE.

A prefeitura também informou que as gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) com comorbidades acima de 18 anos serão convocadas pelos postinhos de saúde, assim como pessoas de 58 e 59 anos com comorbidades.

Itajubá é a cidade do Sul de Minas com o maior número de mortes por COVID(foto: Reprodução prefeitura)
Itajubá é a cidade do Sul de Minas com o maior número de mortes por COVID (foto: Reprodução prefeitura)
A prefeitura de Itajubá, no Sul de Minas, confirmou a presença da variante da COVID-19 P.1 de Manaus (AM) no município. A confirmação aconteceu depois de amostras de material genético suspeito, recolhido em pacientes de Itajubá, ser analisado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP). O estudo teve a participação de equipes do Hospital de Clínicas da cidade mineira.

O resultado mostrou mutações no material genético, confirmando a presença da cepa variante do novo coronavírus, associada a uma maior taxa de transmissão, sendo cerca de 1,7 a 2,4 vezes mais transmissível que as cepas anteriores.

Diante da confirmação da variante, o município solicitou ao Governo de Minas Gerais o sequenciamento do genoma completo do vírus SARS-CoV-2, mas ainda aguarda resposta.

Aumento de casos na cidade


De acordo com a Prefeitura de Itajubá, a confirmação da variante foi fator determinante para o aumento do número de casos de COVID-19 na cidade, principalmente no último mês de março. 

O tempo de hospitalização dos pacientes e a alta do número de óbitos em Itajubá, índices semelhantes aos da capital do Amazonas, também chancelam o resultado do teste e reforçam a presença da nova variante.

De 1º de março a 24 abril Itajubá teve um aumento de 88% de novos casos de COVID, passando de 3.758 para 7.061. Já o número de mortes teve um aumento de 177%, passando de 117 para 325 óbitos no período.

Prefeitura alerta a população


A presença da P.1 de Manaus em Itajubá acende o alerta para a população redobrar os cuidados, afim de evitar a infecção pela nova cepa do coronavírus, especialmente por se tratar de uma variante ainda mais contagiosa e potencialmente perigosa.

Atente-se aos cuidados: pratique o distanciamento social, use máscaras, evite tocar olhos e boca e higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%.




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade