Publicidade

Estado de Minas CRIME FINANCEIRO

Presa mulher que desviou R$ 500 mil da patroa, em Conselheiro Lafaiete

Ainda durante as investigações, foram realizadas buscas na residência da investigada sendo apreendidos documentos, computadores, dinheiro e um veículo


01/05/2021 11:11 - atualizado 10/05/2021 21:08

(foto: PCMG/Divulgação)
(foto: PCMG/Divulgação)
A Polícia Civil de Minas Gerais concluiu, na última quinta-feira (29/4), a investigação sobre um desvio de aproximadamente 500 mil reais na cidade de Conselheiro Lafaiete, com indiciamento da mulher investigada pelo crime.

 

As investigações, iniciadas em janeiro deste ano, apontaram que a suspeita, que era gerente da vítima, teria acessado a conta bancária desta, por meio de uma segunda via de cartão magnético e realizado ao todo 269 saques durante um período de 14 meses. Além disso, a investigada teria falsificado contratos de produtos e serviços financeiros com a instituição, elevando ainda mais os prejuízos da vítima.

 

Ainda durante as investigações, foram realizadas buscas na residência da investigada sendo apreendidos documentos, computadores, dinheiro e um veículo.

 

Segundo o delegado responsável pela investigação, Marcus Vinícius Rodrigues, os crimes imputados à investigada foram furto qualificado pelo abuso de confiança, praticado 269 vezes e falsidade ideológica, que teria sido praticado nove vezes. “Se condenada por todos crimes, a pena aplicada superaria muito o limite de cumprimento de 40 anos de prisão”, explica o delegado.

 

O inquérito foi enviado à Justiça para as providênciais legais cabíveis.

 

Com informações da Polícia Civil de Minas Gerais  

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade