Publicidade

Estado de Minas DEBATE COM CIRO E MANDETTA

Kalil sobre COVID-19: 'Eu estou puto com o que está acontecendo'

Prefeito de BH atacou Congresso Nacional por propor compra de vacina por entidades privadas


30/04/2021 21:44 - atualizado 01/05/2021 09:00

Kalil, Mandetta, Ciro e Márcio França debateram sobre política e pandemia nesta sexta (30/4) em transmissão ao vivo (foto: Reprodução/YouTube)
Kalil, Mandetta, Ciro e Márcio França debateram sobre política e pandemia nesta sexta (30/4) em transmissão ao vivo (foto: Reprodução/YouTube)
 

 

Na semana em que o Brasil bateu a marca de 400 mil mortes e BH fechou seu pior mês da pandemia, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), disse que está “puto com o que está acontecendo” no país.

 

"Eu tenho uma visão um pouco do dia a dia que estou vivendo. Resumindo, para eu não acabar como se não fosse o Kalil, eu estou puto com o que está acontecendo”, afirmou o chefe do Executivo municipal na noite desta sexta-feira (30/4). 

 

As frases foram ditas em transmissão ao vivo no canal do presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antônio Neto, no YouTube.

 
Leia: Kalil: 'Se eu tivesse obedecido o governo, não teria segunda dose'

Os ex-ministros da Saúde Henrique Mandetta e da Fazenda e da Integração Nacional Ciro Gomes (PDT), e o ex-prefeito de São Paulo Márcio França (PSB), também participaram do debate.

 

Kalil também disse que dá vontade de “gargalhar” do projeto do Congresso Nacional que pode permitir a compra de vacinas por entidades privadas.

 

“Em Brasília, estão fazendo lei querendo dividir compra (de vacinas) com o SUS. Quer dizer: não tem o menor conhecimento da ponta, do que está acontecendo. O problema da vacina não é dinheiro. É vacina (disponível). Não tem vacina para se comprar a não ser pelo governo federal. Esse é um problema que tem que ser debatido na CPI (da COVID-19 no Senado)”, afirmou.

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade