Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Pouso Alegre autoriza retorno das aulas presenciais em escolas privadas

Alunos e responsáveis terão autonomia para decidir sobre participação nas atividades presenciais, que serão retomadas de forma híbrida


29/04/2021 11:01 - atualizado 29/04/2021 12:08


Novo decreto autoriza a volta das aulas presenciais na rede privada em Pouso Alegre(foto: Univás/Reprodução )
Novo decreto autoriza a volta das aulas presenciais na rede privada em Pouso Alegre (foto: Univás/Reprodução )
 
A Prefeitura de Pouso Alegre publicou nesta quarta-feira (28/4) um novo decreto que autoriza a volta das aulas presenciais em escolas particulares do município. O retorno das atividades deve ocorrer de forma híbrida e com sistema de revezamento – a fim de evitar aglomeração de estudantes.

As aulas presenciais no município estão suspensas - na rede pública e privada - desde o dia 8 de março, após a justiça acatar uma ação movida pelo Sindicato dos Profissionais da Educação da Rede Municipal de Ensino de Pouso Alegre e Região (Sipromag).

Uma semana depois, entretanto, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) esclareceu que a liminar suspendia o ensino presencial apenas em escolas municipais. Mesmo assim, as aulas não foram retomadas na rede privada por causa da situação da pandemia na região. 

Porém, de acordo com novo decreto, houve uma diminuição no número de casos confirmados de COVID-19, bem como uma tendência de redução das taxas de ocupação de leitos clínicos e de UTI’s em Pouso Alegre desde o encerramento da onda roxa, em 17 de abril. Isso possibilitou a decisão de retomada das aulas presenciais.
 
Vale destacar que os alunos e os seus responsáveis terão autonomia para decidir se participam ou não das atividades presenciais. Além disso, as escolas devem obedecer às seguintes normas:

•    Distanciamento mínimo de 1,5m entre as carteiras;
•    Existência de protocolo sanitário previamente aprovado pela Vigilância Sanitária;
•    Manutenção do ensino remoto em caráter complementar ou alternativo para evitar aglomerações.


Aulas na rede municipal continuam suspensas

As atividades presenciais em escolas municipais seguem suspensas por causa da ação movida pelo Sipromag. O sindicato pede que o retorno aconteça após a vacinação dos professores.

(Gabriella Starneck/Especial para o EM)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade