Publicidade

Estado de Minas MUDANÇA DE GESTÃO

Sanatório Espírita de Uberaba passa a ser administrado por universidade

No final do ano passado, a instituição precisou ser interditada após uma série de irregularidades e, até mesmo, surto da COVID-19


20/04/2021 13:58 - atualizado 20/04/2021 14:32

O Sanatório Espírita de Uberaba, entidade filantrópica sem fins lucrativos, foi fundado em 31 de dezembro de 1933(foto: Sanatório Espírita de Uberaba/Divulgação)
O Sanatório Espírita de Uberaba, entidade filantrópica sem fins lucrativos, foi fundado em 31 de dezembro de 1933 (foto: Sanatório Espírita de Uberaba/Divulgação)
O Serviço Integrado de Saúde Dona Maria Modesto Cravo, conhecido como Sanatório Espírita de Uberaba, passou a ser administrado pela Sociedade Educacional Uberabense (SEU) da Universidade de Uberaba (Uniube) no início desta semana. 
 
No final do ano passado, o local passou por vários problemas devido a irregularidades nos atendimentos, surto da COVID-19 entre os pacientes, sendo preciso até mesmo ser interditado pela Vigilância Sanitária, mas foi reaberto no início de novembro após acordo com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e o município.
 
Segundo informações da SEU, no Sanatório Espírita de Uberaba será seguido o modelo de gestão do Mário Palmério Hospital Universitário (MPHU), com o objetivo de promover tanto a qualidade de atendimento na instituição, quanto mais um campo de atividades práticas para os alunos da área da saúde. 
 
Para o planejamento da nova gestão estão em andamento os projetos de criação da Residência Médica em Psiquiatria; implantação de Hospital Dia (internação diária); ampliação das atividades multiprofissionais, que atuam no modelo assistencial da unidade e um estudo para a abertura de uma ala para o atendimento de convênios e particulares.
 
O Sanatório Espírita de Uberaba é responsável pela internação para contenção de surto psiquiátrico de pacientes de Uberaba e região, sendo que quase 100% das internações no local ocorrem por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
No começo de novembro do ano passado, o Sanatório Espírita de Uberaba retornou as suas atividades após mais de 40 dias interditado. Isso aconteceu graças a um termo de ajustamento de conduta (TAC) entre a instituição, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e a Prefeitura Municipal de Uberaba (PMU).
 
As internações no local haviam ficado suspensas devido a uma série de irregularidades, até mesmo um surto da COVID-19.
 
Com o TAC assinado o sanatório recebeu mais de R$ 1 milhão em recursos do Ministério da Saúde, que estavam bloqueados desde maio do ano passado devido as irregularidades. 
 
Esse valor foi parcelado em seis vezes, mediante o cumprimento de medidas exigidas pela Vigilância Sanitária, como, por exemplo, a presença de médico durante 24h. 
 
O Sanatório Espírita de Uberaba, entidade filantrópica sem fins lucrativos, foi fundado em 31 de dezembro de 1933. 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade