Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Governo mantém Sete Lagoas na onda roxa, e autoescolas protestam

Microrregião ficará no modo mais restritivo do Minas Consciente por pelo menos mais uma semana


16/04/2021 17:25

Donos de autoescolas e comerciantes protestaram pela reabertura em Sete Lagoas(foto: Walisson Leandro/Divulgação)
Donos de autoescolas e comerciantes protestaram pela reabertura em Sete Lagoas (foto: Walisson Leandro/Divulgação)
O Comitê Extraordinário Covid-19 do governo de Minas manteve a microrregião de Sete Lagoas na onda roxa do Programa Minas Consciente, por pelo menos mais uma semana. Uma deliberação aprovada durante a reunião reforça a proibição de consumo interno nos estabelecimentos comerciais, como lanchonetes e padarias, priorizando o funcionamento interno e a prestação dos serviços na modalidade remota e por entrega de produtos.

Na manhã desta sexta-feira (16/04), donos de autoescolas e mais um grupo de comerciantes se mobilizaram em uma carreata contra o decreto do programa. As autoescolas estão fechadas desde o dia 17 de março. 

“As aulas de legislação conseguimos fazer de maneira remota (on-line), mas as aulas práticas estão prejudicadas. Nossa luta é para mostrar que não somos diferentes do Uber, táxi e do transporte coletivo, sempre orientamos os nossos alunos e higienizamos os nossos veículos”, comenta o empresário Walisson Leandro.

O protesto, que teve adesão de 10 autoescolas da cidade, saiu do Centro e terminou em frente à prefeitura. De acordo com Walisson, eles não conseguiram conversar com o prefeito Duílio de Castro (Patriota).

Segundo a prefeitura, Sete Lagoas vai seguir o Minas Consciente e, portanto, adere à onda roxa.

Pandemia em Sete Lagoas 


O município fecha a semana contabilizando 16.365 contaminações por COVID desde o início da pandemia, com a confirmação de mais 120 novos casos positivos, sendo 56 mulheres e 64 homens. 

Mais quatro óbitos por complicações da COVID foram confirmados, o último foi nesta sexta-feira (16/4) pela manhã: uma mulher de 73 anos no Hospital Municipal. Assim, a cidade chega a 359 óbitos até o momento, 109 pacientes de Sete Lagoas hospitalizados com resultado positivo, 258 pessoas em isolamento domiciliar e 15.639 pacientes já curados. Em relação ao boletim da última segunda-feira (12/04), houve um aumento de 14 mortes e 494 novos casos de COVID.

São 136 pacientes internados por causas respiratórias na cidade, sendo 61 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 75 em enfermaria. Entre os internados em UTI, são 47 de Sete Lagoas, quatro de Inhaúma, três de Prudente de Morais, dois de Caetanópolis, e os demais de Cachoeira da Prata, Santana de Pirapama, Cordisburgo, Capim Branco e Pompéu.

A campanha Vacinação Solidária segue no município e desde o início da ação até a última quinta-feira (15/04) já foram doados mais de 850 quilos de alimentos, que já estão sendo revertidos para as famílias carentes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade