Publicidade

Estado de Minas REINVENTAR

Projeto oferece oficinas de arte online para comunidade de BH

Serão oferecidas oficinas de diversas modalidades culturais nos meses de abril a junho


13/04/2021 09:34 - atualizado 13/04/2021 13:03

Centro Cultural 'Lá da Favelinha' irá promover oficinas de cultura online no canal do Youtube(foto: Rede Social/Reprodução)
Centro Cultural 'Lá da Favelinha' irá promover oficinas de cultura online no canal do Youtube (foto: Rede Social/Reprodução)
Centro Cultural 'Lá Da Favelinha' , que fica no Aglomerado da Serra, Região Sul de Belo Horizonte, irá lançar um projeto de oficinas culturais incluindo dança e canto, no formato online nos meses de Abril a Junho deste ano de 2021.

Segundo a Gestora Administrativa do Centro Cultural 'Lá da Favelinha', Danny Mendes, de 27 anos, serão disponibilizadas 56 oficinas divididas em sete modalidades diferentes. Dentre elas, estão incluídas violão, funk, vogue, canto, pilates, yoga e bordado. As oficinas serão dadas de forma online pela plataforma do Youtube.

A Gestora conta que o Centro existe há seis anos e que as oficinas fazem parte do projeto desde a abertura do local. Antes da pandemia, eram apenas 16 oficinas, dadas de forma presencial por professores voluntários do projeto no Aglomerado da Serra, e as aulas, que tinham duração de 1h30, eram disponibilizadas apenas para os moradores do aglomerado.

"Com a chegada da pandemia do COVID-19, tivemos que parar com as oficinas. Mas para as mamães não ficarem sem nenhuma atividade física por questões de saúde, iniciamos as oficinas online com as modalidades de pilates e bordado", explica Danny Mendes.

Um personagem principal nesta história é a produtora executiva do Centro Cultural, Cysi dos Anjos de 29 anos, que fica responsável por organizar toda a execução das oficinas, tanto no formato presencial quanto online.

Em entrevista ao Estado de Minas, Cysi conta que 'uma importante conquista para o Centro Cultural foi ter conseguido se inscrever no edital da Lei Aldir Blanc Estadual, e conseguir o apoio deles principalmente de forma financeira, para poder desenvolver estas oficinas em formato online.'

A produtora completa, dizendo que, 'com este apoio, além de conseguir dar as oficinas, estamos conseguindo remunerar os professores que são voluntários a bastante tempo, podendo assim ajudá-los também.

Questionada sobre quais as dificuldades encontradas neste novo projeto, Cysi conta que 'é atender a todas as pessoas da comunidade que antes já faziam as oficinas de forma presencial, isso se deve ao fato de que nem todo mundo do aglomerado tem acesso a tecnologia, e com isso tem uma grande evasão de pessoas das oficinas.'

"As oficinas serão disponibilizadas no canal do Centro Cultural no Youtube, e outras pessoas além do aglomerado, como o pessoal do asfalto, vão poder assistir a essas oficinas também', relata Cysi dos Anjos.

*Estagiária sob supervisão do sbeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade