Publicidade

Estado de Minas CRIME

Suspeitos de aplicar ''golpe do motoboy'' são presos no Bairro Gutierrez

Dupla que se passava por funcionários de banco para clonar cartões foi presa em um quarto de hotel. A informação foi divulgada nesta segunda (5/4)


05/04/2021 18:12 - atualizado 05/04/2021 19:20

As investigações apontaram que a dupla é suspeita de estelionatário. (foto: PCMG/Divulgação)
As investigações apontaram que a dupla é suspeita de estelionatário. (foto: PCMG/Divulgação)
Dois homens foram presos pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) suspeitos de praticarem o “golpe do motoboy” - que consiste nos criminosos se passarem por gerentes de bancos e convencerem a vitima a entregar seus cartões bancários e celulares, sob falso motivo de clone do cartão. A dupla, de 25 e 41 anos foi presa em um quarto de hotel, no Bairro Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte.

A corporação recebeu a denúncia de que um veículo Fiat Sena, com placa de São Paulo, estaria sendo utilizado para a prática de crimes. Após investigação, a polícia identificou e localizou o automóvel e os suspeitos.

No local, foi constatado que os sinais de identificação nos vidros estavam adulterados, além de 10 máquinas de cartões de crédito, chips de telefone, três telefones celulares e mais de R$ 1 mil em dinheiro.

Uma declaração manuscrita em nome da vítima, um homem de 73 anos, vítima de furtos, também foi localizada.

Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia e a vítima chamada a comparecer para reconhecimento dos indivíduos.

De acordo com a corporação, as investigações apontaram que a dupla é suspeita de estelionatário.

O veículo foi encaminhado para o pátio do Detran-MG e os suspeitos apresentados às autoridades responsáveis, para as devidas providências.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade