Publicidade

Estado de Minas RESSURREIÇÃO

Procissão celebra a Páscoa na Serra da Piedade, em Caeté

Santuário está fechado à visitação durante onda roxa


04/04/2021 13:19 - atualizado 04/04/2021 13:52

Ostensório com a hóstia consagrada, representando o Cristo ressuscitado(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Ostensório com a hóstia consagrada, representando o Cristo ressuscitado (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Uma procissão marcou, na manhã deste domingo de páscoa (04/04), no alto da Serra da Piedade, em Caeté, na Grande BH, a data mais importante no calendário dos cristãos: a ressurreição de Jesus. O cortejo ao ar livre com o santíssimo sacramento e o crucifixo começou às 11h ao fim da missa celebrada pelo pro-reitor do Santuário Nossa da Piedade, padre Felipe Carvalho de Macêdo.

Um dos momentos mais emocionantes ocorreu quando o padre Felipe levantou o ostensório com a hóstia consagrada, representando o Cristo ressuscitado, em direção aos quatro cantos da Região Metropolitana de Belo Horizonte. "Pedimos a proteção de Deus para todo o estado de Minas Gerais. Nesse tempo de pandemia, o povo precisa de força".

Na homilia, o sacerdote pediu pelos enfermos, pelas famílias enlutadas devido à COVID-19, pelos desesperados que procuram paz e também pelos que têm fome e estão desempregados. "A páscoa mostra que a vida tem sentido e que precisamos entender a profundidade do amor de Deus."

(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
 

Na bela manhã de domingo, com sol claro, a procissão formada pelo pro-reitor, quatro seminaristas (três da Arquidiocese de BH e um da diocese de Caicó, Pernambuco) e voluntários partiu do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade - Padroeira de Minas Gerais (a menor basílica do mundo) e deu a volta na praça de onde se tem uma bela vista de municípios da região metropolitana, incluindo a capital.
 
Ver galeria . 8 Fotos No alto da Serra da Piedade, em Caeté, na Grande BH, teve um cortejo ao ar livre com o santíssimo sacramento e o crucifixoLeandro Couri/EM/D.A Press
No alto da Serra da Piedade, em Caeté, na Grande BH, teve um cortejo ao ar livre com o santíssimo sacramento e o crucifixo (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press )
 

"Estou feliz por estar aqui, na casa da padroeira de Minas, Nossa Senhora da Piedade, neste dia de páscoa. O que mais precisamos é de paz", destacou o voluntário João Evangelista, residente na capital. Desde que o programa estadual Minas Consciente expandiu para todo o estado a onde roxa, o santuário está fechado à visitação pública. Em tempos normais, o patrimônio espiritual, histórico, paisagístico e ambiental recebe cerca de 500 mil pessoas por ano.

HISTÓRIA

A proclamação de Nossa Senhora da Piedade como padroeira de Minas Gerais ocorreu em 31 de julho de 1960, fato que motivou uma grande festa na Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital. A oficialização foi feita pelo papa João XXIII (1881-1963), atendendo ao pedido dos bispos mineiros, entre eles o então arcebispo metropolitano de Belo Horizonte dom Antônio dos Santos Cabral (1884-1967), e do arcebispo coadjutor e administrador apostólico, dom João Resende Costa, bem como do governador do estado, José Francisco Bias Fortes (1891-1971). Nesse processo, destacou-se também o trabalho de dom Carlos Carmello de Vasconcelos Motta (1880-1982), mais conhecido como Cardeal Motta e que hoje batiza a praça em frente da ermida.

Com altitude de 1.740 metros, a Serra da Piedade abriga histórias de fé e até política. Foi no alto, por exemplo, que o ex-presidente Tancredo Neves (1910-1985) deu início à campanha de redemocratização do país, em 1984. Em dias muito claros, é possível vislumbrar a Serra do Caraça, o espelho d’água de Lagoa Santa, toda a cidade de Caeté, com o pontilhão ferroviário, e outros municípios da RMBH. O ponto principal, sem dúvida, é a ermida que dá exatamente o clima de “pedacinho do céu” de manhã bem cedo, quando nuvens baixas tomam conta do topo da serra.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade