Publicidade

Estado de Minas ALIMENTAÇÃO

Contra a fome, Ribeirão das Neves aposta em banco de alimentos

Neste ano, 57 mil pessoas em vulnerabilidade alimentar já foram beneficiadas com o projeto de distribuição de legumes e hortaliças


26/03/2021 16:01 - atualizado 26/03/2021 16:07

Banco de alimentos de Ribeirão das Neves propicia oferta de comida fresca para quem não pode pagar(foto: Prefeitura de Ribeirão das Neves/Divulgação)
Banco de alimentos de Ribeirão das Neves propicia oferta de comida fresca para quem não pode pagar (foto: Prefeitura de Ribeirão das Neves/Divulgação)
Um levantamento realizado pelo WFP – Programa Mundial de Alimentos – mostra que no Brasil são desperdiçadas 41 toneladas de alimentos por dia. Fazendo um caminho inverso, Ribeirão das Neves diminuiu em 30% o desperdício de alimentos dentro do município e a proposta é aumentar ainda mais esse índice, graças a iniciativas como o Banco de Alimentos, que já doou mais de 800 toneladas de comida nos últimos quatro anos. Só em 2021, mais de 57 mil pessoas em vulnerabilidade alimentar foram beneficiadas. 
 
Neste ano, o espaço recebeu uma câmara fria, que possibilitou aumentar o tempo de conservação dos alimentos doados, diminuindo o desperdício e aumentando o número de doadores e de pessoas beneficiadas.

A iniciativa ganha ainda mais relevância em tempos de pandemia, em que a segurança alimentar de muitas pessoas está comprometida e muitas pessoas não conseguem arcar com uma alimentação adequada, composta por frutas e verduras, porque neste momento a renda de crise está comprometida. Com a câmara fria, é possível melhorar o armazenamento e garantir que esses alimentos cheguem à mesa das pessoas com qualidade.

“O Banco de Alimentos foi e está sendo indispensável nesse momento de pandemia, estando presente em todas as ações sociais para a segurança alimentar do município, como a doação de cestas verdes para as famílias de alunos matriculados na nossa rede municipal de ensino, além das instituições e famílias cadastradas no CRAS,” afirma o prefeito de Ribeirão das Neves, Junynho Martins (DEM).

Como funciona 


O trabalho do banco de alimentos consiste em captar, coletar, armazenar e distribuir alimentos, que são adquiridos por compra no programa Agricultura Familiar de Ribeirão das Neves e de cidades da região, ou por doações dos setores privados e/ou públicos. Participam principalmente estabelecimentos comerciais, como centrais de abastecimento, redes de supermercados e hipermercados, sacolões, entre outros.

De acordo com a prefeitura, atualmente, 54 instituições sociais estão cadastradas no banco, além das pessoas cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros Especializados (CREAS) e alunos da rede municipal da cidade.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade