Publicidade

Estado de Minas AMPLIAÇÃO

HC-UFU vai receber mais 10 leitos de UTI COVID-19 até a próxima semana

Em apresentação, diretoria do hospital afirmou ainda vai ampliar a capacidade de armazenamento de oxigênio da unidade em 40%


26/03/2021 12:09 - atualizado 26/03/2021 12:25

Hospital da UFU terá 42 leitos de UTI(foto: Divulgação/HC-UFU)
Hospital da UFU terá 42 leitos de UTI (foto: Divulgação/HC-UFU)
O Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) terá 10 novos leitos de UTI para tratar pacientes com COVID-19. Durante uma apresentação feita por meio da internet, a superintendência do hospital ainda anunciou a ampliação da capacidade de armazenamento de oxigênio da unidade em 40%. A reitoria da UFU também participou da apresentação.

O recebimento de equipamentos fez com que fosse possível a abertura dos novos leitos, sendo que a maior parte já está em funcionamento, segundo o superintendente do HC-UFU, Nilton Pereira Júnior. “Recebemos respiradores, monitores cardíacos, verba para compra e aluguel de bombas de infusão, e insumos em geral. Com isso, abrimos seis leitos e estão previstos mais quatro para esta semana, totalizando 42 leitos de UTI adulto exclusivos para pacientes com COVID-19”, afirmou. Os equipamentos vieram dos governos Estadual e Federal.

No próximo mês, de acordo com a superintendência, a capacidade de armazenamento de oxigênio do HC-UFU vai passar por uma ampliação de 12 mil m³ de capacidade de armazenamento de oxigênio. Atualmente esse o volume máximo é de 30 mil m³ do gás. Nilton Júnior destacou que, com a segunda onda da COVID-19, houve medidas de prevenção para que não houvesse desabastecimento de suprimentos, inclusive de oxigênio. Até agora não houve desabastecimento de estoques no hospital.

Entre as medidas estão a redução do número de pessoas circulando no hospital com a suspensão, temporariamente, dos estágios curriculares dos cursos de graduação e a ampliação da restrição de visitas e acompanhantes.

Números


Ao todo, desde o início da pandemia, foram mais de 320 profissionais contratados emergencialmente, 226 só nos primeiros meses de 2021, segundo o HC-UFU. Dados epidemiológicos sobre os atendimentos realizados na unidade também foram apresentados e o balanço mostrou mais de 2,2 mil atendimentos e internações de pacientes suspeitos ou confirmados de COVID-19.

Apesar da taxa de mortalidade no hospital ser baixa em comparação ao índice nacional, entre 2020 e os três primeiros meses de 2021 houve um aumento de 23% de óbitos pela doença, saltando de 60 para 74 mortes até o dia 20 de março. Do total de óbitos ocorridos no HC-UFU 32% são de pessoas com menos de 60 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade