Publicidade

Estado de Minas Roubo de carga

Quadrilha envolvida em roubo de carga de ferro é presa em Araxá

Roubo do material ocorreu em fevereiro. Carga estava escondida no interior de São Paulo


25/03/2021 17:41 - atualizado 25/03/2021 18:46

Caminhoeiro era um dos mentores do roubo ocorrido em Araxá(foto: PCMG/Divulgação )
Caminhoeiro era um dos mentores do roubo ocorrido em Araxá (foto: PCMG/Divulgação )

Mais dois mandados de prisão foram cumpridos contra suspeitos de integrarem uma associação criminosa envolvida no esquema de furto de carga de treliças de ferro, avaliada em R$ 260 mil. Os mandados foram cumpridos nesta quinta-feira (25/3) pela Polícia Civil, nas cidades paulistas de São José do Rio Preto e Votuporanga. Outros cinco mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em outras cidades de São Paulo.

Os crimes ocorreram em Araxá (MG), no Alto Paranaíba, e, até o momento, já foram recuperadas 420 toneladas de ferro. Quatro suspeitos já foram presos. Nas fases anteriores da operação - essa é a terceira -, foram apreendidas uma carreta e um automóvel. Nesta quinta-feira, outros quatro celulares também foram apreendidos e vão auxiliar na investigação.

 

O crime começou a ser investigado em fevereiro, após o primeiro roubo da carga. Os policiais descobriram que o carregamento de treliças subtraído em Araxá estaria em um galpão em Votuporanga.

 

“De acordo com o apurado, o motorista contratado para transportar o material estaria envolvido no crime. Ele seria o responsável por desviar a carga e, em seguida, registrar um boletim de ocorrência falso, relatando que havia sido vítima de roubo”, explica o delegado Tiago Cruz. 

Investigações anteriores

A primeira fase da operação resultou na prisão de dois homens, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. A vítima de roubo havia procurado a Delegacia Rural de Araxá para denunciar o furto da carga de treliças de ferro.

 

Foi apurado que o motorista contratado para transportar o material estaria envolvido no crime. Ele seria o responsável por desviar a carga e, em seguida, registrar um boletim de ocorrência relatando que havia sido roubado.

 

Foi pedida a prisão temporária do motorista, deferida pela Justiça. Durante cumprimento de mandado, os policiais prenderam em flagrante outro envolvido, que estava com um carro e duas placas de caminhão.

Na segunda fase, na última sexta-feira, foi cumprido mandado de busca e apreensão em uma empresa na cidade de Votuporanga. Os investigadores descobriram que a carga de treliças roubada em Araxá estaria em um galpão da cidade paulista.

 

“Foi representado pelo mandado de busca e apreensão, deferido pela Justiça em Araxá, com parecer favorável do Ministério Público. No local os investigadores localizaram parte da carga de treliças subtraída da vítima, além de outras, como vergalhão, chapas de aço, de outras vítimas”, afirma Tiago Cruz.

 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade