Publicidade

Estado de Minas FORAGIDO

Homem que era procurado desde 1988 por crime em Goiás é preso em Uberlândia

Ele é suspeito de matar uma adolescente de 16 anos durante discussão com a mãe da vítima


23/03/2021 10:29 - atualizado 23/03/2021 12:13

O homem tem 65 anos e segue detido em Uberlândia(foto: Divulgação/PCMG)
O homem tem 65 anos e segue detido em Uberlândia (foto: Divulgação/PCMG)
Foragido
da Justiça do estado de Goiás desde 1988, um homem de 65 anos foi preso em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, pela Polícia Civil local. Ele é suspeito de matar uma adolescente durante discussão entre ele e a mãe da vítima. Ao intervir, a estudante foi esfaqueada.

O Serviço de Inteligência da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil recebeu, na última semana, a informação de que o procurado estaria em Uberlândia. Ele tinha um mandado de prisão em aberto e foi localizado e preso na Rua Antônio Pereira de Almeida, no Bairro Morada Nova, zona oeste da cidade. O homem não resistiu à detenção.

Segundo a polícia, o foragido é acusado de matar, em Luziânia (GO), a estudante Rosilene Mendes Barbosa, de 16 anos, em 4 de novembro de 1988, durante uma briga. "De acordo com o processo-crime, o homicídio teria ocorrido por causa de uma briga entre o irmão de Rosilene e o filho do acusado. O suspeito sacou de uma faca, avançou contra a mãe da jovem, e a vítima entrou na frente, sendo atingida com uma facada no peito", informou a Polícia Civil.

À época, o crime causou comoção na cidade, uma vez que a vítima, segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público, além de estudante, trabalhava como doméstica para ajudar no sustento de casa.

Agora o suspeito aguarda detido no Presídio Uberlândia 1, à disposição do Poder Judiciário goiano. Segundo o delegado regional em Uberlândia, Luciano Alves dos Santos, a polícia de Goiás já recebeu a comunicação da captura e deverá em breve recambiar o fugitivo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade