Publicidade

Estado de Minas CORRUPÇÃO

TJ condena policiais penais por facilitar entrada de drogas em presídio

Agentes também facilitavam o 'vai e vem' de celulares na penitenciária de Leopoldina, na Zona da Mata mineira


23/02/2021 20:14 - atualizado 23/02/2021 20:44

Operação do Gaeco, Depen, PM e PC prendeu agentes no ano passado(foto: Divulgação/Ministério Público de Minas Gerais)
Operação do Gaeco, Depen, PM e PC prendeu agentes no ano passado (foto: Divulgação/Ministério Público de Minas Gerais)

 

Dois policiais penais foram condenados pela Justiça por facilitar a entrada de drogas e celulares no presídio de Leopoldina, na Zona da Mata mineira.

 

De acordo com o Ministério Público, um dos agentes terá que cumprir pena de 10 anos e oito meses de prisão. O outro, de um ano e três meses, além de multa.

 

Eles também perderam seus cargos públicos, segundo o MP. Os crimes aconteceram nos anos de 2019 e 2020 e só foram descobertos após operação ocorrida em 30 de abril do ano passado, no presídio.

 

Os trabalhos tiveram condução, à época, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen) e das polícias Militar e Civil.

 

Foram cumpridos dois mandados de prisão temporária e três de busca e apreensão em Leopoldina e Cataguases, na mesma região.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade