Publicidade

Estado de Minas CHUVAS

Risco de rompimento leva técnicos a vistoriarem barragem no Norte de Minas

Reservatório fica localizado em área de reforma agrária. Comunidades podem ser evacuadas


23/02/2021 17:09 - atualizado 23/02/2021 18:08

Barragem da Caatinga fica localizada na área do Assentamento Betinho, no Distrito de Engenheiro Dolabella(foto: PM/Divulgação)
Barragem da Caatinga fica localizada na área do Assentamento Betinho, no Distrito de Engenheiro Dolabella (foto: PM/Divulgação)
Uma equipe técnica da Defesa Civil Estadual  e de órgãos ambientais realizou nesta terça-feira (23/2), uma vistoria na Barragem da Caatinga, próxima ao distrito de Engenheiro Dolabella, no município de Bocaiúva, no Norte de Minas). O objetivo da inspeção foi verificar os riscos de rompimento da estrutura da barragem, cujo volume aumentou muito devido às chuvas dos últimos dias, sendo declarada “situação de emergência” na área. 

O reservatório fica localizado na área do assentamento Hebert Souza (Betinho), administradab pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Conforme informação divulgada pelo governo do estado nesta terça-feira, foi feita uma vistoria na barragem por técnicos do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam).

Ver galeria . 8 Fotos PM/Divulgação
(foto: PM/Divulgação )

 
A inspeção também contou com a participação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) e da Polícia Militar, com o uso de helicóptero. O objetivo do levantamento foi ''verificar as condições relacionadas ao comportamento hidrológico da barragem''. 
 
O resultado da vistoria ainda não foi divulgado. A barragem está situada na Bacia Hidrográfica do Rio Jequitaí. O governo estadual, por meio de nota, informou que, em razão do volume de chuvas dos últimos dias, foi comunicado pelo Incra do aumento do nível do reservatório que resultou na emissão da “Declaração de Situação de Emergência em Nível de Resposta 2”, estabelecida em portaria do Igam. 
“De acordo com a referenciada portaria, o nível de resposta 2 é declarado, quando a situação encontrada ou a ação de eventos externos à estrutura, representa uma ameaça à segurança da barragem a curto prazo”, diz a nota. 

O governo do estado argumenta que, “nesse caso”, compete ao Incra tomar medidas como o aviso à população sobre elevação do nível da barragem e “prover todos os meios e recursos necessários à uma evacuação emergencial, se necessária”. O Executivo estadual diz que, “no momento, não há indicativo para a realização de evacuação emergencial.   
 
No entanto, “aqueles que, por precaução, desejarem retirar seus pertences de suas residências, deverão buscar o Incra, que está disponibilizando veículos para realizar o transporte, inclusive de animais”. 
 
Ainda por meio de nota do governo do estado, a Defesa Civil Estadual orienta à população ribeirinha, abaixo da Barragem da Caatinga, de Engenheiro Dolabella e de comunidades dos municípios de Engenheiro Navarro, Francisco Dumont, Claro dos Poções, Jequitaí e Coração de Jesus, que mantenham-se em alerta, “acompanhando a previsão meteorológica, observando o comportamento da barragem e do Rio Jequitaí”.
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade