Publicidade

Estado de Minas ESTELIONATO

Golpistas se passam por funcionários de banco e levam R$ 17 mil de mulher

A Polícia Civil tenta identificar e prender os suspeitos; vítima passou dados pessoais e entregou o cartão


22/02/2021 15:51 - atualizado 22/02/2021 17:23

O município de Pirajuba tem cerca de 6 mil habitantes e fica situado no Triângulo Mineiro(foto: Prefeitura de Pirajuba/Divulgação)
O município de Pirajuba tem cerca de 6 mil habitantes e fica situado no Triângulo Mineiro (foto: Prefeitura de Pirajuba/Divulgação)

 

Em Pirajuba, no Triângulo Mineiro, suspeitos de estelionato se passaram por funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) e furtaram R$ 17 mil de uma mulher de 58 anos. 
 
De acordo com o seu relato à Polícia Militar (PM), inicialmente, ela recebeu um telefonema de uma pessoa dizendo que era funcionário da CEF e que lhe perguntou se ela teria feito uma compra pela internet utilizando o seu cartão.
 
 
Então, ela negou a compra e, em seguida, o suspeito disse que ela deveria bloquear o cartão para evitar prejuízos, indicando um número de 0800 para o qual deveria ligar.
 
Ainda conforme o registro policial, a vítima acabou ligando para o número, sendo atendida por um segundo golpista, que lhe pediu os seus dados pessoais: número do cartão, código de segurança e até mesmo as letras de segurança utilizadas em caixa eletrônico. 
 
Por fim, ela ainda foi induzida a colocar o seu cartão em um envelope e a entregá-lo a um outro suspeito que foi até a sua casa, se apresentou com o nome de Jhonny Henrique e, trajando calça jeans e camisa social listrada, disse que era funcionário da agência da CEF.
 
Depois, a vítima começou a desconfiar e ligou para o número correto de sua agência bancária, descobrindo que os golpistas haviam furtado R$ 17 mil de sua conta. 
 
Só então a mulher bloqueou realmente o cartão, via aplicativo do banco, e procurou a PM para registrar o estelionato.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade