Publicidade

Estado de Minas CRIME

Justiça condena grupo preso com mais de 300 quilos de cocaína na Grande BH

Sete pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público e condenados pelo envolvimento em tráfico interestadual de drogas


26/01/2021 21:39 - atualizado 26/01/2021 21:52

Carga de 322 quilos de cocaína foi interceptada na BR-381, na altura de Itatiaiuçu, na Grande BH(foto: Eric Bezerra/MPMG)
Carga de 322 quilos de cocaína foi interceptada na BR-381, na altura de Itatiaiuçu, na Grande BH (foto: Eric Bezerra/MPMG)
A Justiça de Minas Gerais condenou, nessa segunda-feira (25/01), sete pessoas pelo envolvimento em tráfico interestadual de drogas. O grupo era responsável por transportar 322 quilos de cocaína em um caminhão-baú, que foi interceptado na Rodovia Fernão Dias, na altura de Itatiaiuçu, na Grande BH, em maio do ano passado. Todos foram denunciados pelo Ministério Público (MPMG).

Três pessoas denunciadas foram presas em flagrante na BR-381, enquanto outras quatro foram encontradas durante as investigações. O líder da quadrilha foi condenado a 16 anos e oito meses de reclusão, além de 1.160 dias-multa, sendo cada dia-multa equivalente a meio salário mínimo. Ele respondeu pelos crimes de organização criminosa e tráfico de drogas.

O homem considerado “braço-direito” do líder também foi condenado a 16 anos e oito meses de reclusão, além de 1.160 dias-multa, com valor de 1/30 do salário mínimo. Outros três rapazes que faziam parte do bando também foram sentenciados a 14 anos e seis meses de reclusão, além de 1.050 dias-multa, no valor de 1/30 do salário mínimo. O trio, de acordo com as investigações, auxiliava na preparação dos veículos e no transporte da droga.

Os outros dois condenados, um homem e uma mulher, participavam da organização criminosa auxiliando na lavagem do dinheiro e ocultação de bens provenientes do tráfico de drogas. Eles foram condenados a quatro anos de reclusão e 30 dias-multa, mas poderão recorrer em liberdade.

A operação


A carga foi apreendida após investigações conduzidas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPMG, além da Polícia Civil, com participação da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os 322 quilos de cocaína foram monitorados por mais de 40 horas antes de chegar na Região Metropolitana de BH.

Quando o caminhão com a droga chegou em Itatiaiuçu, no dia 23 de maio, a PRF fez a interceptação da carga e prendeu três homens, que seriam empresários de São Paulo. Eles foram encaminhados ao sistema prisional naquele instante.

A investigação apontou que as drogas eram negociadas e adquiridas no Mato Grosso do Sul e passavam pelo Paraná, antes de chegar em São Paulo. Do território paulistano, a carga ilícita seguia para Minas Gerais, além do Nordeste brasileiro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade