Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Universidades vão dar suporte à vacinação contra a COVID-19 em Valadares

Alunos dos cursos de Medicina e Enfermagem, da Universidade Vale do Rio Doce (Univale), e alunos da UFJF/Campus GV, vão acompanhar as etapas de vacinação


21/01/2021 20:12 - atualizado 21/01/2021 21:40

Peterson Marco de Oliveira Andrade, diretor geral da UFJF, também apresentou algumas demandas da universidade ao prefeito André Merlo(foto: Divulgação PMGV)
Peterson Marco de Oliveira Andrade, diretor geral da UFJF, também apresentou algumas demandas da universidade ao prefeito André Merlo (foto: Divulgação PMGV)
A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), campus Valadares, e a Universidade Vale do Rio Doce (Univale), vão participar das ações operacionais do plano de imunização contra a COVID-19 em Governador Valadares.

A parceria entre a prefeitura e a Univale já existe há algum tempo e ocorre durante as campanhas de vacinação com a participação de alunos dos cursos de Medicina e Enfermagem. Com a UFJF/Campus Governador Valadares, especificamente para campanhas de vacinação, é nova.

“Este alinhamento das instituições é muito importante para o bem-estar da comunidade”, disse Peterson Marco de Oliveira Andrade, diretor geral da UFJF, que também apresentou algumas demandas da universidade ao prefeito André Merlo, durante encontro realizado nesta quinta-feira (21/01), na prefeitura.

O prefeito de Governador Valadares, André Merlo, disse que a interlocução entre o meio acadêmico e o município é porta para o fomento de melhorias para a população. 

”Nós, enquanto gestores, precisamos ter sabedoria para agir em prol da população, e quanto mais agentes estiverem envolvidos e empenhados, a prestação de serviços será melhor”, disse.
 

Particiapação da Univale 


Nesta primeira fase, os alunos de Medicina da Univale estarão envolvidos no acompanhando o trabalho do setor de imunização durante a campanha de vacinação contra a COVID-19. Inicialmente, a responsabilidade deles será mais focada nos registros de dados, informou a direção da universidade.

Para os alunos, participar desse momento será fundamental na sua formação como futuros médicos. Antônio Célio, estudante do quarto período de Medicina está otimista.

“A vacinação contra a COVID-19 foi muito esperada por todos nós. E por isso, ter a oportunidade de colaborar com esse processo é muito gratificante. As experiências e o contato com demais profissionais da saúde têm proporcionado a nós, estudantes de Medicina, grandes aprendizados e muita satisfação em poder contribuir com a saúde pública no Brasil”, comentou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade